Caixa de Pandora

Sempre gostei de conhecer música nova, fugir das músicas escolhidas pelo Mariozinho Rocha ou que ganham destaque nas rádios mais por jabá do que por serem realmente boas. Antes, minha brincadeira favorita era escrever o nome de uma banda da qual gosto muito no Allmusic, e a partir daí ver o que tinha de banda similar, influenciadores e influenciados. Com isso acabei conhecendo coisas bacanas como Husker Dü e Lourdermilk, que provavemente não ouviria em uma rádio qualquer.

Bem, aí ontem meu irmão chegou com essa aqui em casa: Pandora. Eu não sei como funciona para o pessoal que não tem banda larga, mas aqui no meu computador está funcionando que é uma beleza. =]

Para entender como a coisa funciona, um exemplo: cliquei em ‘create a new station’ e escrevi o nome de uma música que gosto bastante, “Fox in the Snow” do Belle & Sebastian. A partir disso, cria-se uma espécie de estação de rádio virtual só com som similares a esse que escolhi (agora, por exemplo, está tocando “Waterfall” da banda Tenderfoot – que eu não conhecia, devo dizer). Se você gosta da música que está tocando, é só clicar sobre ela e depois na opção “I Like It”, e ela continua tocando. Se não gostou, vai em “I Don’t Like It”, e a rádio vai para outra música.

Como disse, não sei como fica com internet de velocidade baixa. Aqui não demora para carregar, a música não fica “soluçando” como em algumas rádios virtuais que conheço. Agora o problema: só dá para se registrar com código postal dos Estados Unidos, então sem registro você só pode escutar algumas músicas como “teste” 🙁

Olha, é bacana mesmo. Para quem não agüenta mais ouvir as coisas que tem em casa, esse Pandora caiu do céu. Vou esperar que liberem essa coisa do código postal, ou arrumar um código postal de lá, o que vier antes, hehe.

11 comentários em “Caixa de Pandora”

  1. Uma parada legal é o Last.fm. Ele funciona mais ou menos assim, mas é partir de um plug-in que você instala no Media Player, iTunes ou Winamp. Além de dar estatísticas do que você ouve, ele te dá sugestões de coisas que você pode gostar.
    E, já que gosta de bandas diferentes, duas sugestões- que eu considero geniais e nas quais sou viciado-: The Dresden Dolls e Devotchka.
    smack

  2. Husker Dü é fodônico… pensei que jamais conheceria maios alguém que curtisse o som deles… já ouviu uma banda chamada Morphine? Já acabou faz tempo, o líder morreu, mas o som deles é docaralho, não tem guitarra, só baixo, bateria e sax…

  3. O Launch trabalha num esquema parecido, eu gosto dele, embora ele não rode aqui no trabalho… 😐

    Por algum tempo eu usei o título de uma música do Loudermilk na assinatura, o som deles é bom.

  4. Eu gosto do http://www.last.fm

    É um site que armazena o que as pessoas cadastradas ouvem. Ai, se você procurar por “Foo Fighters” vai encontrar o que as pessoas ouvem além de Foo Fighters. É da para fazer rádios com essas seleções (e não trava nem nada, com qualidade ótima) e descobrir muita coisa boa.

    E a maior parte dele é free. :dente:

  5. A morte do cara do Morphine foi uma coisa bizarra mesmo, uma pena o final da banda…

    Alugue Nina, a Guta Stresser tá realmente maravilhosa, e o visual da personagem (maquiagem, roupas e corte de cabelo) vai com certeza te lembrar outra personagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *