Ilustres desconhecidos

Qual a diferença entre a menina que Bono Vox chamou para subir no palco no show de 1998 comparando com a Cat Will See? A inveja que os fãs sentiram de ambas deve ser idêntica, o mico que a segunda pagou é um tanto maior. Mas aí você lê uma notícia como essa e não dá para não questionar a razão de tanto bafafá sobre essa menina.

Falem o que quiser, eu ainda acredito que, para o bem ou para o mal, a diferença básica entre as duas meninas é o dito cujo do orkut. Teve um gurizinho que também foi chamado para subir no palco, e na noite seguinte parece que outras pessoas também subiram. Mas nenhuma delas ganhou mais de 100.000 scraps e dezenas de comunidades – mesmo que por avacalhação.

Além disso, é óbvio, essa bizarrice que surgiu com a virada do milênio chamada ‘celebridades instantâneas’. Surgiram principalmente como frutos de reality shows, mas hoje em dia a coisa está mais democrática, ainda mais quando falamos sobre o destino deles: a Katilce de hoje será a “Katioquê?!!” de amanhã. A não ser, é claro, que tenha um pingo de talento para continuar por aí.

E eu sei que pode parecer despeito, mas não é. O que me tira do sério sobre esse tipo de coisa é que dão ênfase (e publicidade) para uma maioria que não tem absolutamente nada para dizer (ou fazer), tirando um espaço que poderia ser oferecido para gente que… ok, não vou dizer “gente que faz”. Mas vocês entenderam.

7 comentários em “Ilustres desconhecidos”

  1. Continuando a minha saga:
    “Nomes estranhos em minha vida”
    Lá no hospital tinha uma moça chamada Katiuce…
    De onde será que tiram esses primores de nomes???

    BjoS!

  2. O Fábio disse que provavelmente vem de “catiucia” ou algo do gênero, que é bem comum na itália. Fala sério, qual o problema com “Carolina”, “Amanda”, “Beatriz”…? 😮

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.