And so faintly you came tapping, tapping at my chamber door

simp1Como todo nerd que se preze, eu gosto de citações (ou, digamos assim “homenagens” – para não cairmos naquele negócio de citações fora do contexto e afins). E disso o mundo da cultura pop está carregado. O jogo Final Fantasy VIII, por exemplo, tem lá um certo Piet tal como o Capitão Piet da trilogia Clássica do Star Wars (hehe, peguei pesado na nerdice, né?). Enfim, a questão é que se por um lado é muito legal “reconhecer” essas citações, por outro é ainda mais bacana conhecer algo através de citações.

Um exemplo? Bom, meu primeiro contato com “O Corvo” do Edgar Allan Poe (o fulano que tenho respirado atualmente), foi em um episódio dos Simpsons, no qual Lisa lia a poesia na casa da árvore e a persona da poesia era o Homer (e Lenore era Marge). Não vou dizer que nunca teria contato com essa poesia não fosse o episódio, mas que serviu de ponte ou, por assim dizer, atalho, isso serviu.

Continue lendo “And so faintly you came tapping, tapping at my chamber door”

Ídolos

ídolosEu confesso que apesar de alguns amigos terem dito que morriam de rir ao assistir ‘American Idol’, nunca parei para conferir o programa: aquela coisa, TV não é exatamente o meu forte. Mas dia desses trocando os canais vi a propaganda da versão brasileira ‘Ídolo’, que passará no SBT.

E qual não foi a minha surpresa ao ver que um dos jurados é nada mais nada menos do que o Carlos Eduardo Miranda?! Sério, pelo menos um dia terei que conferir, nem que seja gravando em vhs para ver depois, hehe. Esse cara provavelmente fará valer a pena – se ainda for o Miranda de outros tempos.

Continue lendo “Ídolos”

House

houseNão vamos entrar nos méritos que televisão não presta, porque se prestasse ela não teria apelidos carinhosos como ‘máquina de fazer bobos‘. De qualquer forma, considerando que sabendo usar mal não faz, vamos levar em conta que de quando em quando brota alguma coisa interessante por ali.

Enfim, passei o final de semana em Porto União e nessas oportunidades posso conferir o que há de interessante em um canal ou outro da tv paga. Dessa vez foi o seriado House, que seria mais um daqueles seriados “doutor salva o dia” não fosse a personagem que dá título à série.

Continue lendo “House”

The Siiiiimpsoooons… (tchururururur…)

Vi no Slashdot, que tirou de The Sun Online:

0,,2006100669,00.jpg

Como seriam os Simpsons na vida real. Arquivos nos tamanhos tiquinho, médio e bigbig. Não deixem de prestar atenção aos detalhes, como o Homer pagando um cofrinho, he he
he.

Como os links do Sun não estão funfando, vamos lá com o link que a Marilia passou: the siiiiimpsooons…

Meninos, eu vi (‘to divagando)

Eu estou fazendo um esforço sobrenatural para esquecer que os Stones tocarão aqui (de graaaaça, no vascãããão!!) e eu não os verei (deve ser o que, terceira oportunidade perdida?). Vale o mesmo para U2 e Franz Ferdinand. E também para, no futuro, Depeche Mode e Echo & the Bunnymen (segundo o Luciano). Mas vocês acham que a mídia deixaaaaaa?? Nãããão!!!

Eles têm que esfregar duzentas mil reportagens, com todas as músicas que eu mais gosto de fundo (opa, isso rende um top5!), fazendo com que eu lembre como sou miserável por, às vezes, morar no lugar errado ou não ser, digamos assim, rica.

Continue lendo “Meninos, eu vi (‘to divagando)”

Six Feet Under

Bom, quase terminei de assistir todos os episódios do primeiro ano da série “Six Feet Under”, uma das mais gratas surpresas no que diz respeito à Televisão nesses últimos meses. Cortesia do Orc e da Ná, que deixaram a caixa da última vez que vieram para Curitiba, hehe.

Continue lendo “Six Feet Under”

Ren & Stimpy

Não fazem mais desenhos como antigamente. Assisti um episódio de Ren & Stimpy ontem no Fábio. Que saudades das tardes assistindo esse que é um dos desenhos mais pirados e bagacêras que eu já vi até hoje.

Btw, a palavra saudades deveria ter uma foto minha ilustrando o verbete em alguma enciclopédia qualquer.

***

Fui buscar meu histórico no DAA e levei dois sustos:

1. Estou no 10º período
2. Já tive IRA 0,81 um dia (atualmente estou num medíocre 0,62)

***

Continue lendo “Ren & Stimpy”

Laura e Bart

Não é segredo algum que eu gosto de Simpsons, mesmo porque meu “Lovejoy” vem do sobrenome de uma das namoradinhas do Bart, certo? E por falar em namoradas do Bart, lembrei de um episódio em especial:

Bart lies unhappily in bed. “How can I get her to notice me?” Laura opens Bart’s bedroom window. “Meet me at the treehouse, Bart. And come alone.” She vanishes. Bart swallows hard.

Bart paces nervousely in the treehouse, then turns around to see Laura in a heart-stopping red dress. She explains, “I’m so happy, I just had tell someone. I have a boyfriend.” Bart reacts with stunned horror, envisioning Laura tearing his heart out of his chest and drop-kicking it into the trashcan.

 

1 2

3 4

Tudo isso me faria feliz, absurdos me fariam feliz…

Sandman Deluxe Action Figure SetMules de pompom

As Flores do Mal

Cowboy Bebop Complete Sessions Collection

Um cérebro

***

Já que falei de Cowboy Bebop…

“There once was a tiger-stripped cat. This cat died a million deaths, was revived, and lived a million lives and was owned by many different people he didn’t really care for. This cat wasn’t afraid to die. Then, one day this cat became a stray cat, which meant it was free and he met a white, female cat and the two of them spent their days together happily. Well, years past and the white cat grew weak and died of old age. The tiger stripped cat cried a million times, then he died too, except this time, he didn’t come back to life… I hate this story; I hate cats.”

Gostei disso aqui:

***

Momento “What the fuck is that?!!”: Stripperella

Ahn, certo. Eu devo o Homem Aranha ao Stan Lee, mas isso aí já é zoação demais.

***

Eu acho que nunca ninguém teve curiosidade sobre isso, mas como eu não tenho nada para fazer, vou explicar de onde vieram as frases do meu “comentários”.

Roy Orbison.

A maioria das pessoas conhecem ele por ‘Pretty Woman’, que honestamente acho a música mais chatinha do Orbison. Mas, no caso das frases dos comentários, são da música ‘In Dreams’, que tem tudo a ver com uma das minhas paixões de HQ: Sandman.

Continue lendo “Gostei disso aqui:”