O fim de uma era

images.jpgTem quase duas semanas que a MTV anunciou que cortará programas como o DiskMTV e outros que passam videoclips para… hmm… iniciar uma fase com programas “mais televisivos”, o que significa que se há algum tempo aquele “M” já não tinha mais muita razão de ser, agora é que não tem mesmo. É, vocês sabem. Eu não gosto de mudanças. Mesmo que eu não faça mais parte do bolo.

Teve um tempo que a MTV era muito bacana, e você podia assistir Smiths no ClássicosMTV, ver Skuba, Acabou la Tequila e Boi Mamão no Gás Total e ainda curtir um sonzinho diferente no LadoB. Mas acabou. Eu não sei se a perda do interesse no canal tem algo a ver com o fim da adolescência, mas acho que temos uma pista.

De qualquer forma, não deixa de ser estranho pensar que daqui uns anos a piazada pensará “Uou, canal legal, fala a minha língua de xóvem xúnior” sem nem ter noção de que, através da música, fazia isso muito bem também. Portanto, como homenagem ao que era o carro-chefe deste canal, farei um top5 músicos que só conheci por causa da MTV (não é de favoritos, porque de favoritos eu já fiz hehe):

sabotage.jpg5. Beastie Boys

Antes de ver o clip de Sabotage, a banda era aquele típico caso do “já ouvi falar mas nunca ouvi”, o que em outras palavras quer dizer que eu só cantava empolgadona “You gotta FIGHT, for your RIGHT to PAAAAAAAAAAAAAAAAAAAR-TY!!” quando ninguém mais conhecia a música.

prodigy-breathe.jpg4. Prodigy

Não cheguei a embarcar na onda e não fui muito além de Breathe (o clip que me apresentou a banda), mas eu até curtia o som dos caras e confesso que fiquei um pouco mais tolerante ao som de bateestaca do gênero por causa deles.

no doubt.jpg3. No Doubt

O clip de Don’t Speak tocava tantas, mas TANTAS vezes que era difícil não conhecer a banda. Mas gosto mesmo eu só fui criar quando assisti Just a Girl, e principalmente, depois que vi a banda ao vivo – show muito, muito bom mesmo.

criminal.jpg2. Fiona Apple

Ao contrário dos outros artistas citados, os dois primeiros lugares do top5 eu escuto até hoje em dia – o que faz de mim uma pessoa muito, muito grata à MTV. Fiona Apple concorreu a melhor clip com Criminal, na época não dei muita trela mas quando voltei a escutar…

early.jpg1. Morphine

O líder da banda morreu, mas como disse: escuto até hoje. Adoro o som esquisitão de músicas como Potion e Rope on Fire. E claro, de Early to Bed, o clip através do qual conheci Morphine.

11 comentários em “O fim de uma era”

  1. Por esses motivos que a MTV americana precisou criar uma MTV2 pra passar os clipes já que a original só passa essas porcarias de programas.

    Nos resta pagar a mais para a NET digital e ter o único canal decente de música do mundo, a VH1.

  2. É, é meio bizarro você pensar que um canal sobre música vai parar de exibir clipes, mas eu ainda tenho a esperança de que o “M” continue tendo algum sentido.

    Eu li que eles vão começar a passar séries, filmes e documentários. Se forem sobre música, vai ser bem interessante. Existe um cardápio infinito e produções interessantes com conteúdo forte que falam sobre o universo musical e etc. Já que eles não podem evitar as mudanças mercadológicas, que pelo menos coloquem outras coisas maneiras no ar. O problema é continuar com “beija sapo” e todas essas merdas que não têm nada a ver com a proposta inicial.

    Quando penso que eles estão mais preocupados em agradar o público “jovem”, aí minha esperança vai embora…

  3. Luciana on 17 Dezembro, 2006 at 6:32 pm said:

    BTW Ana..onde vc viu isso??

    A notícia sobre a MTV? Na folha -> http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u66722.shtml

    Ristow on 17 Dezembro, 2006 at 7:59 pm said:

    É, é meio bizarro você pensar que um canal sobre música vai parar de exibir clipes, mas eu ainda tenho a esperança de que o “M” continue tendo algum sentido.

    Eu li que eles vão começar a passar séries, filmes e documentários. Se forem sobre música, vai ser bem interessante. Existe um cardápio infinito e produções interessantes com conteúdo forte que falam sobre o universo musical e etc. Já que eles não podem evitar as mudanças mercadológicas, que pelo menos coloquem outras coisas maneiras no ar. O problema é continuar com “beija sapo” e todas essas merdas que não têm nada a ver com a proposta inicial.

    Quando penso que eles estão mais preocupados em agradar o público “jovem”, aí minha esperança vai embora…

    Se levar em conta a maioria dos programas que estão no ar atualmente, música parece um interesse menor, acho que a coisa acaba caindo no que você disse no fim: agradar o público ‘jovem’. Talvez com mais um tempo nós tenhamos uma TTV, teen tv ou algo que o valha. :gotinha:

  4. A MTV demorou para largar a adolescencia. Estava na crise de meia idade já. Agora só falta desistir desses VJ´s teen-emo-revoltadinhos e trazer apresentadores decente.

    Idade da MTV é que nem de cachorro, pois é.

  5. Não discordo da decisão da MTV, eu diria q isso é adaptabilidade mesmo, atualmente (ou muito em breve) vc poderá ver os clipes q quiser qdo e onde quiser. Já possuímos coisas como Pandora e todas essas outras radios ‘on demand’ de internet q se baseiam nos nosso gostos músicais para nos apresentar novidades, com toda essa tecnologia muito em breve teremos ‘TVs’ online q farão a mesma coisa, na realidade já existe o MTV Overdrive (ignorem o brasileiro, estou falando do americano) e o Launch.com com esta proposta (Eu tenho adorado o Windows Media Center), ainda meio cru, mas tão no caminho. Preciso dizer q gosto muito mais desse sistema, afinal, se eu não gosto de um clipe, basta eu marcar q eu não quero vê-lo novamente e passar p/ próximo, sem VJs chatões! :joy:

  6. A MTV é ridícula, mantida por um staff ‘alternativo’ nojentinho tipicamente paulistano e paradoxos influenciais como o de fazer a maior parte das campanhas anti-drogas e ter os apresentadores ( e apresentados e delespectadores, etc.) mais drogados do país. Viva a América.

    O Prodigy tem uma história engraçada: não faz muito tempo, eles fizeram um show aqui em são paulo, e meu primo foI (claro, apenas porque GANHOU o ingresso) e quando os cararinhas da banda subiram no palco, começaram a chamar a platéia de ‘macacos’ ‘retardados’ e ‘primitivos’ (ou algo do gênero) enquanto a audiência os saudava enlouquecida…

  7. É, não dá nem pra acreditar que conheci Morphine, Siouxie and the Banshees, Cure, Dead kennedys e outras bandas maneiras na Mtv… bons tempos de Thunderbird….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.