A Hora Negra

Depois de [REC] resolvi investir algum tempo no cinema de terror em espanhol – o problema é que não é bem o tipo de coisa que basta só decidir, né? Tem que procurar e tudo o mais. Mas eis que tive a sorte de encontrar mais um suposto filme de terror Made in Spain, chamado por aqui de A Hora Negra (e lá de “La Hora Fría“). É tão bom quanto [REC]? Não. Vale a pena ver? Sim.

O problema de A Hora Negra é que é o tipo de filme que quanto menos você sabe sobre ele, melhor. E é um tanto difícil convencer alguém a ver um filme sem saber o que virá pela frente. Mas acreditem, eu teria gostado muito mais da história se eu não tivesse lido uma sinopse antes. Até porque a sinopse falava de zumbis, e meu zumbidar apitou (e até por isso que quis assistir ao filme), mas ele não é exatamente um filme de zumbi.

Na realidade, a história está muito mais para um futuro pós-guerra, naquele cenário bem típico das histórias sci-fi, do pessoal lidando com as conseqüências de um conflito que devastou a Terra. Nesse ponto é que A Hora Negra é um filme bem legal, mostrando o sufoco da vida de um grupo de sobreviventes se refugiando em um abrigo. E essa idéia é importantíssima inclusive para o desfecho do filme.

Mas aí você lê alguém dizendo que tem zumbi na história, e o que é que você espera? Muitos minutos de sangue jorrando, morto-vivo comendo gente, correria e tudo o mais, certo? Poisé. Então, insisto nisso: quanto menos vocês souberem do filme, melhor. Mas não assistam como uma história de zumbi.

3 comentários em “A Hora Negra”

  1. O filme é muito intrigante , com muito misterio não é um filme para qualquer um , é sensacional ,totalmente sombriu e sem espectativa de esperança , e concordo nao veja como o filme de zumbi pois o tema abordado nao é diretamente eles ,sensacional , quem quer um filme pra pensar e tentar achar respostas este é muito bom . (Bôsco-Caruaru-PE)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *