Ouvindo no momento: Belle&Sebastian

Gostar de Belle é engraçado. Pelo menos costumava ser. Era uma coisa meio ‘sociedade secreta’, não se saía falando pelos quatro ventos que você era fã ou coisa assim. Não é que a banda tenha perdido o caráter cult, mas digamos que a legião de ‘fãs silenciosos’ aumentou bastante.Talvez a culpa desse “silêncio” todo seja dos próprios integrantes, que nunca fizeram questão de grandes badalções (até para divulgar fotos são complicados). O septeto vindo de Glasgow (Escócia!) tem músicas carregadas de melancolia, mas uma melancolia deliciosa (se isso é possível).


O mais bizarro é que a batidinha leve das músicas me faz lembrar Simon and Garfunkel. Ok, meio esquisita a comparação. Já conversei com outras pessoas que ouvem Belle e elas discordam, mas eu continuo achando que lembra sim.

Dos ‘álbuns que nós pobres mortais podemos comprar’ (eles lançaram alguns EPs, é realmente difícil ter acesso a toda a discografia dos caras), na minha opinião os melhores são:

If You’re Feeling Sinister (1997)

Meu favorito, e um dos que a crítica britânica mais meteu o pau. Mas tudo bem, não manjo de música, eu só gosto ^^ O álbum conta com faixas excelentes como “Get Me Away From Here Im Dying”, “Mayfly”, “Judy And The Dream Of Horses”, “The Fox In The Snow” e, é claro, “If Youre Feeling Sinister”.

Fold Your Hands Child, You Walk Like A Peasant (2000)

O álbum alterna faixas deprês como “Don’t Leave The Light On, Baby” com outras um pouco mais leves como “There’s Too Much Love”. Conta ainda com “The Wrong Girl”, ótima música. Antes que eu me esqueça: “Don’t Leave The Light On, Baby” é minha favorita do Belle.

Tigermilk (1996)

Adoro a capa, hehe. Me faz lembrar das ‘n’ vezes que na loja de disco passava batido pelo cd, fui conhecer alguns anos depois só. Álbum muito gostoso, eu indico principalmente para quem está começando a ouvir Belle. “She’s Losing It” é uma delícia (reparem: a experiência de ouvir Belle & Sebastian vai além do agradável), assim como “My Wandering Days Are Over” e “I Don’t Love Anyone”

Ok, esses são os meus três favoritos, mas acho que Belle & Sebastian compensa o trampo de dar uma garimpada na loja mais próxima. É só ouvir músicas como “Is it Wicked Not To Care?” (do álbum The Boy With The Arab Strap) e “You Made Me Forget My Dreams” (Lazy Line Painter Jane) para entender o que eu estou falando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.