Supernatural S05E17 e S05E18

Para o pessoal que acompanha o Hellfire há mais de um ano não é novidade que eu não acompanho Supernatural desde quando o primeiro episódio foi ao ar. Na metade do ano passado resolvemos começar a assistir, e aí era um episódio após o outro, sendo que o “intervalo” entre uma temporada durava no máximo três dias. E eu me dei conta disso ontem, enquanto via Point of No Return1 (S05E18): mais quatro episódios e acabou a quinta temporada, e pela primeira vez eu não terei spoilers sobre as outras porque bem, elas ainda não foram gravadas.2  Será no mínimo uma experiência interessante, especialmente se concluirem BEM o quinto ano.

E sim, os dois últimos “capítulos” voltaram-se novamente ao Apocalipse, sem que ele fosse só uma breve menção ou simplesmente esquecido como aconteceu diversas vezes ao longo desse ano. 99 Problems (S05E17), por exemplo, traz uma situação inusitada: Sam e Dean são salvos por pessoas comuns, que foram obrigadas a começar a caçar demônios porque a cidade está infestada. No episódio a filha de um pastor diz ouvir os anjos, que ajudam a localizar os demônios porque dizem que os habitantes daquele lugar foram escolhidos para sobreviver ao Apocalipse.

Detalhe legal do episódio chega com Castiel, quando ele informa que a menina não fala com anjos coisa alguma, que na realidade ela é a Prostituta da Babilônia, trazendo assim mais um elemento bíblico para a história. Algumas pessoas não gostaram muito da conclusão, com Dean indo visitar uma personagem da terceira temporada (Lisa, a mãe do molequinho que era simplesmente a cópia do Dean em The Kids Are Alright), mas acho que Sam explica bem isso em Point of No Return, quando diz que era óbvio para ele que Dean visitaria certos lugares e pessoas antes de “se matar” (ou seja, dizer “sim” para Michael).

Falando de Point of No Return, foi o centésimo episódio da série (com uma lembrança no número do quarto de hotel onde Dean se hospeda) e assim como o anterior também trouxe personagens de outras temporadas (nesse caso, Jump the Shark do quarto ano). Pensando em afetar o ponto fraco dos Winchester, os anjos trazem do céu Adam, meio-irmão deles, alegando que ele preenche bem a profecia e também pode dizer “sim” para Michael.

Bem, tem toda a lenga-lenga de irmão mais novo/irmão mais velho que já acompanha Supernatural desde a primeira temporada, com Dean tão emo que mereceu os sopapos que levou de Castiel. A conclusão deu a entender que agora eles vão dar um tempo com as crises de consciência e voltarão simplesmente a agir.

E blé. Quinto ano quase no fim.

PS. Li alguns spoilers enquanto procurava imagens para esse post. Eu me odeio. Mas se for o que estão comentando mesmo, pelo menos duas personagens que eu gosto muito vão voltar, hehehe…


  1. Levando em conta que eles adoram referências ao cinema, música, etc., acho que o título pode ter a ver com a música do Kansas, Point of Know Return 

  2. mas vale relembrar, o sexto ano já está confirmado 

Um comentário em “Supernatural S05E17 e S05E18”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.