Supernatural (Terceira Temporada)

2007 WINTER TCADesde que fiquei meio viciadinha em Supernatural tenho ouvido as pessoas comentarem que a terceira e a quarta temporada são mil vezes superiores ao segundo e primeiro ano.  Eu não sei se concordo muito com isso, até porque no momento estou gostando igualmente de tudo que tenho assistido. Aquela coisa: alguns episódios mais fraquinhos, mas outros tantos bem legais – que é o que faz um sujeito querer acompanhar uma série, na minha opinião.

O terceiro ano gira quase todo em volta do medo de Dean de ir para o inferno, após ele trocar sua alma pela vida de Sam no final da segunda temporada. Mesmo os casos que eles têm que resolver acabam sempre apontando alguma coisa sobre isso, como quando ele sonha com ele mesmo virando demônio em Dream a little dream of me (S03E10). Também aparece Ruby, uma demônia que ajuda os irmãos Winchester, usando uma faca que mata os seres do inferno. Sim, eu sei – acabou tendendo muito mais para esse negócio de demônios e afins, mas sim, foi uma boa temporada.

Primeiro porque Dean continua ótimo. Tem dois momentos dele que eu achei dos melhores em todas as temporadas. I’m Batman e I shot the sheriff, por exemplo. Dou risada até agora, só de lembrar. E é aquela coisa, sempre fui da opinião que terror e humor deveriam andar de mãos dadas. E não é só pelo roteiro (que é ótimo, pelo menos no que diz respeito ao humor), mas a própria atuação do Jensen Ackles, com aquele sorriso meio de canto de boca de quem prefere perder o amigo, mas não perde a piada.

Eu colocaria como destaques da temporada The Kid Are Alright (S03E02), com o molequinho que Dean pensa ser seu filho – simplesmente ótimo, descontando a pieguice no fim. Bad Day at Black Rock (S03E03), o tal do episódio da cena do “I’m Batman”, mas a versão azarada do Sam é muito legal também. Mystery Spot (S03E11), uma versão Supernatural de Feitiço do Tempo.  Gostei de Jus in Bello (S03E12) por dar uma boa solução para toda a caçada do FBI aos irmãos Winchester, e também porque é quando a grande vilã da temporada, Lilith, se revela. Ghostfacers (S03E13) também ficou bacana, e aqui eu deveria dizer que é mais até pelos sustos do que pelo humor.

Resumindo, uma ótima temporada. E o fato de Dean não conseguir escapar da ida ao inferno acaba deixando melhor ainda, gosto dessas conclusões meio amargas (embora eu ainda ache que isso significa que a conclusão da série em si também não será das mais felizes). Sim, eu sei que o que vem na quarta temporada (até porque já estou no quinto episódio), de qualquer forma foi legal terem terminado assim. E verdade seja dita, agora eu espero de verdade que essa história de que estejam falando de uma sexta temporada realmente não seja só boato.

6 comentários em “Supernatural (Terceira Temporada)”

  1. Sabe, eu achei a S02 bastante superior à S03 e ã S01, que eu achei particularmente meia-boca. Mas a S04 pra mim está ótima.

    Sobre o Ghostfacers, eu achei que foi um bom episódio mas na hora errada. Tu tá lá, todo envolvido na trama depois do Jus in Bello e vem um episódio-piada que nada acrescenta à trama.

    Mas a série tá bem boa, mas espero que não tenha S06. Eu acho que séries nunca deveriam durar mais de 4, 5 anos.

  2. nisso vc tem razão, é um episódio legal mas meio que anticlímax.

    sobre uma possível sexta temporada, se tiver alguma forma de continuar sem ser repetitivo, blz. se renovar, de alguma forma. house tá indo para a sexta temporada e continua bom (e sim, eu sei que vc acha repetitivo, mas tem sempre um elemento principal que é novo, agora para a sexta o house no asilo psiquiátrico, por exemplo).

  3. Eu acho que, independentemente de se renovar, as séries não deviam durar mais do que 5 anos. Por exemplo, o Grey’s Anatomy, uma série que eu adoro. Eu acho que já deu o que tinha que dar, tem que dar espaço para séries novas.

  4. Nunca assisti a série e nem li o tópico, porque eu sei que tá cheio de spoil e eu não gostaria de saber oq acontece na terceira temporada quando começasse a ver a primeira, mas tenho um comentário sobre a foto: esse carinha da direita parece uma mistura de Tom York com Michael Scofield… só eu achei isso? O.o

  5. Anicaaa responde ta bom, tu não percebeu nada familiar nesse episodio?tipo uma clara referencia a algo que tu gosta(e eu tb claro),sem enrolar muito o titulo se traduz “sonhe um pequeno sonho comigo”posso ta errado na tradução mas eu acho que não to,esse titulo ´pode ter sido uma referencia a SANDMAN tcham,não sei se vc tinha percebido:)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.