Tróia, Sonho e afins

É tão legal ter um professor fodão de Literatura Grega. Perguntamos sobre Tróia para o Alessandro. Ele, entre um comentário ácido ou outro lança um “É, Hollywood adora histórias de amor… heterossexuais.”*

***

Eu ando relendo Sandman, aí parei em um trecho de The Kindly Ones, mais especificamente uma conversa entre Dream e Nuala:

Dream – Did you have a particular boon in your mind? When you summoned me here?
Nuala – I wanted you to stay. I… I wanted you to love me.
Dream – And do you think that love is a gift? Like a bauble, or a trinket? Something I can reach into a pouch and present to you?
Nuala – I gave all my love to you. Years ago.
Dream – On reflection, I cannot give you the thing itself, I could give you a dream of my love.
Nuala – I already have that, my lord. Please, go.

É, é. Vá.

***

Relatório e dois trabalhos para fazer, estou empepinada. Isso que a chapa concorrente já está distribuindo cartazes e precisamos pensar em um logo para a nossa. Eu gostei do nome da deles, Ameixas: ame-as ou deixe-as. Paulo Leminski, baby.

O pior é que com esse frio do cão a única coisa que me passa na cabeça agora é desligar o computador, buscar mais uma xícara de café e levar edredon e tricot lá para a sala, e ficar assistindo filminho.

***

E já dizia Steve Beckman:

Você faz suas escolhas
e suas escolhas fazem você.

***

*O comentário do Alessandro se refere ao fato de que Pátroclo foi transformado em primo do Aquiles no filme.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.