20 Clichês dos Filmes de Terror (parte III)

E seguimos em frente com a lista dos 20 clichês dos filmes de terror. Para você que chegou agora, a primeira parte está aqui, e a segunda parte aqui. Então vamos ao décimo clichê (e um dos meus favoritos):

10. A história acaba e descobre-se que o protagonista estava morto o tempo todo: vocês todos não podem ser M. Night Shyamalan, então parem de tentar.

09. Um assassino que brinca com a vítima enquanto se livrou de todo o elenco de apoio com facilidade: O mesmo assassino que tem atirado um arpão sem misericórdia em todo mundo por 80 minutos agora decide agarrar o herói pelo pescoço e arremessá-lo pela sala de modo mais não-fatal possível?

08. Qualquer efeito especial com movimento rápido de cabeça: Originalmente um efeito bacana para indicar a presença de algum acontecimento sobrenatural (ver Alucinações do Passado e A Casa da Colina), esse tem se tornado o equivalente do horror para o ‘bullet time’ do Matrix.

07. Alguém hesita em matar uma pessoa amada que se transformou em zumbi/vampiro/lobisomem, etc.: Isso é quase sempre acompanhado pela persuassão racional de outra pessoa dizendo “Esse(a) não é mais seu(a) [mãe/pai/irmão/irmã/depiladora]!”

06. Alguém se aproxima de um corpo desmaiado no outro lado da sala, com as costas viradas para a câmera: O momento “buuuu” padrão, esse cenário envolve a pessoa delicadamente dizendo coisas como “Você está bem?” ou “Pare de brincadeiras!” enquanto está próxima ao corpo inerte, o que na realidade é um cadáver ou uma criatura que quer comê-lo. Em qualquer um dos casos, você deveria carregar uma vara bem longa com você antes mesmo de pensar sobre se aproximar de tal figura.

E é isso aí. Provavelmente na terça-feira eu coloco a última parte da lista aqui. 🙂

2 comentários em “20 Clichês dos Filmes de Terror (parte III)”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *