Plano 9 do Espaço Sideral

plan9.jpgAlgumas coisas ganham fama por causa da história por trás dos fatos. Eu sei que corro o risco de soar herege, mas Oscar Wilde era um sujeito que provavelmente ficaria ali na maré dos escritores querendo ser famosos se ele não fosse o indivíduo que era: aquele que a cada momento que abria a boca, lançava uma pérola pronta para ser repetida por anos e anos1. Não é que ele não seja bom, longe disso. É um dos meus favoritos, como muitos bem o sabem. Mas tem muita gente boa que não ganha destaque porque é conta histórias de forma excelente, mas não tem uma história de vida digna de nota, digamos assim.

É seguindo essa trilha que chegamos ao Plano 9 do Espaço Sideral. A fama do filme? Simplesmente a de ser a pior produção de todos os tempos. A história acabou se espalhando com maior facilidade após o lançamento de Ed Wood, cinebiografia sobre o diretor de Plano 9, lançada em 1994 (e apresentando um Johnny Depp ainda começando a brilhar no papel principal).

A questão é que, ao contrário do Wilde, Plano 9 não é um filme bom injustiçado pela crítica da época. Na realidade, é um filme ruim MESMO. Daqueles que você assiste mais para saber a história por trás da história. A história não tem nexo, as atuações beiram ao ridículo. Vale unicamente pela curiosidade ou, para assistir como se fosse uma comédia (o que eu não consegui fazer).

Na realidade, pensando aqui sobre a experiência ontem, eu ainda acho que deveria ter ficado só com “a lenda” Ed Wood no meu baú de conhecimento. Saber que ele era o sujeito que dirigiu o pior filme de todos os tempos já bastava (no final das contas, deveria ter acreditado na fama do filme, certo?). É por isso que eu deixo a dica para os que ainda não assistiram Plano 9: deixa para lá e assista Ed Wood2. Ou alugue para um dia que você for assistir um filme com amigos com muito senso de humor.


  1. por exemplo, na alfândega: “não tenho nada a declarar, a não ser o meu gênio” 

  2. até porque qualquer filme que esteja na minha memória mesmo depois de mais de dez anos desde que o assisti, vale nota, né? 

3 comentários em “Plano 9 do Espaço Sideral”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *