Não por acaso

Já tem algum tempo que quero assistir a esse filme, e finalmente pude conferir ontem (enquanto o Fábio deixava o computador novo nos trinques para eu usar). Quando li sinopses e críticas sobre o filme, fiquei ao mesmo tempo curiosa e com medo de que na ânsia de fazer um filme naquela fórmula “pessoas com nada em comum que acabam se encontrando por causa de determinado evento” (repetida com exaustão desde que 21 Gramas fez um razoável sucesso), o diretor errasse a mão.

Mas não é o caso. Neste primeiro trabalho de Philippe Barcinski que tive a oportunidade de conferir, confesso que fiquei bastante surpresa com a forma como ele abre mão da vaidade de fazer um roteiro desonexo que se encontra no fim (como em todos os filmes que seguem a tal da fórmula) e fala singelamente de como não temos controle sobre nossas vidas.

O foco da história trata-se de Ênio (controlador de tráfego) e Pedro (fabricante de mesa de sinuca), duas personagens cuja previsibilidade controla a vida. Não só na profissão como na vida, tudo é calculado de modo a não fugir da ordem, para continuar dentro do controle deles. Até que um acidente afeta a vida de ambos, deixando-as de pernas para o ar.

É o próprio Ênio, que em uma metáfora bem bacana comparando o trânsito com a água passando pelo cano alerta que o problema em controlar os carros é que o homem, ao contrário da água, é dotado de livre arbítrio, e a conseqüência disso é justamente a perda da previsibilidade.

O legal de “Não por acaso” é que apesar de falar o óbvio, ele diz de um modo bonito. Você se deixa levar por Ênio e Pedro, que eram quase máquinas até o momento do acidente que mudará suas vidas. E tudo de uma forma doce – como quem abre a janela de uma sala escura e empoeirada para deixar um sol de primavera tomar conta do ambiente.

Um comentário em “Não por acaso”

  1. Ana do meu coração,
    são três filmes que mudaram a cara do cinema nacional e digo:
    esse não por acaso, cheiro do ralo e árido movie.
    viva!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.