111382715065330481

Assisti This is Spinal Tap nesse final de semana. Finalmente mais um filme riscado da lista dos filmes que nunca vi, ho ho (um dia eu chego lá!).

Bem, eu tinha enorme curiosidade sobre esse filme porque as citações sobre ele tanto no mundo do cinema quanto da música são bem freqüentes. É um “rockumentary” sobre a banda britânica de metal “Spinal Tap” e seus dias nos Estados Unidos para a divulgação do novo álbum.

Não nego que seja bem engraçado (era impossível não lembrar de documentários dos quais era fã, tipo A Year and a Half in the Life of Metallica), mas tem dois pontos que contam bastante desfavoravelmente sobre o filme:

1. A idéia não é original

Em 1978 Eric Idle (sim, o cara do Monty Python) teve a mesma idéia no filme feito para TV The Rutles. Também é um documentário sobre uma banda que na realidade não existe, mas aqui a paródia é menos abrangente: são só os Beatles mesmo.

2. Abusa dos “tipos” na hora das piadas

No começo é engraçado aquela coisa de retratar os membros da Spinal Tap como burrões, mas a coisa acaba perdendo a graça lá pela metade do filme. Eu ainda acho que as piadas que melhor funcionaram foram as dos bateristas da banda e a da capa do álbum novo.

Enfim, mesmo com isso dá para dar umas risadas. Filme bom para quando não se quer pensar em nada, digamos assim.

***

Eu ia falar um tico a respeito do livro Drácula do Bram Stoker e da série Six Feet Under, mas aí meu Exploder deu pau e a única coisa que sobrou para recuperar foi o post do Spinal Tap. Então por enquanto é só, depois eu volto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.