Ju-On

Que mané O Grito, hehe. Assisti Ju-on e Ju-on 2 Confesso que já vi filmes de terror melhores (embora não em tão boa companhia, hihihihi), mas valeu por alguns sustos.

O que incomoda no primeiro filme é que a tentativa de fazer uma montagem diferente acabou atrapalhando (e muito) a compreensão da trama. Perde-se um bom tempo até se ter idéia que o fator comum das histórias é a casa, o que já não acontece no segundo filme.

Diga-se de passagem, o segundo filme foi bem melhor, muito embora o final tenha sido a coisa mais sem pé nem cabeça que eu já vi (e eu já vi muito filme de terror tosco, acreditem). Tem duas “histórias” em especial que foram fodas, eu adoraria ter tido essa idéia, hehe.

Agora, putz grila! Que piazinho dos infernos!! Levei alguns sustos quando ele aparecia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.