Welcome to the Jungle

gnr_2.jpgComo já comentei anteriormente, meu passado musical me condena. Hoje em dia quando lembro do meus tempos de fã de Guns n’ Roses (fãzoca mesmo), parece até que estou lembrando de uma personagem de filme que assisti, e não do meu próprio passado. Sabe como é. Pôsteres no quarto, conhecer todas as histórias envolvendo a banda, ter uma fita de clipes e especiais, ter ficado especialmente feliz quando ‘aquele’ carinha convidou para dançar “Don’t Cry” (tentar fazer o ahhhhhhhhhhhh no final também, hehe) etc. etc. etc.

A única coisa que faz com que eu acredite que aquela menina alucinada por Axl, Duff, Slash e cia. era eu é o fato de que até hoje sei cantar todas as músicas do Guns. Na verdade, não todas, é difícil acompanhar o Axl em Garden of Eden.

Bom, na realidade só estou comentando isso porque sou uma defensora das qualidades e habilidades aparentemente inúteis a serem listadas em um currículo. Por exemplo, nunca sei se devo ou não colocar em meu currículo os 4 anos como administradora do Fórum Valinor. Agora tá aí, conhecer todas as músicas do Guns n’ Roses. Parece algo inútil? Pois veja só o caso dessa professora:

Professora confunde música do Guns N’ Roses com ameaça de morte

Uma professora norte-americana chamou a polícia ao ouvir um trecho da música “Welcome to the jungle”, do Guns N’ Roses, e pensar que fosse uma ameaça de morte. A faixa foi tocada no sistema de som da Booth Free School, em Roxbury Connecticut.

Ao ouvir a frase “You’re in the jungle, baby, you’re gonna die” (“você está na selva, baby, e vai morrer”), na última quarta (12), a professora chamou a polícia e se trancou na sala de aula.

Pois sim. Pelo menos eu, com meu vasto conhecimento no campo gunsrôstico, jamais pagaria um micão desses. Ah,há. Lição do dia: da próxima vez que for contratar uma professorinha, pergunte se ela já ouviu pelo menos os primeiros versos de Welcome to the Jungle.

7 comentários em “Welcome to the Jungle”

  1. Não entendi o “por conseqüência” O_o Até porque foi por começar a gostar de Guns que eu cheguei em Nirvana e a patotinha de Seattle (não fossem os Guns, talvez eu ainda ouvisse boy bands 😆 )

  2. Eu também sou fã do Guns n’ Roses desde criança e jamais acharia que welcome to the jungle é uma ameaça. Talvez se tocassem Shotgun Blues eu saísse correndo, mas não seria de medo de morrer.

    Ótimo blog, acabei de achar e já vou assinar. Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.