Supernatural S06E15 e S06E16

O Skywalker comentou no twitter sobre o episódio The French Mistake (S06E15) algo assim: o último episódio de Supernatural foi ruim como tem sido, mas foi divertido como há tempos não era. E concordo com ele. O último episódio que ri tanto assim foi o Clap your hands if you believe (S06E09), que justamente lembrava aqueles bons momentos da série quando Supernatural não era só esse rolo todo de anjos e demônios, mas também era engraçado.

Aqui eles misturam um pouco elementos que já apareceram em outros episódios, além de ser um prato cheio para os fãs da série: Sam e Dean são enviados para uma outra realidade, na qual eles são atores de uma série chamada Supernatural. Sacou? Pois é, rendeu ótimos momentos, embora ache que o melhor tenha sido Misha Collins. Até porque é legal quando ele sai da pele do Castiel para lembrarmos o bom trabalho que ele faz com o anjo, tanto com a voz quanto com as expressões.

Uma coisa bacana é que no episódio o Misha twittava algumas mensagens (piada com o fato de que ele realmente mantem o twitter bem atualizado), e aí depois você vai dar uma olhada no perfil dele e sim, aquelas mensagens foram publicadas mesmo. Depois ele ainda posta dizendo que o telefone foi roubado e que dizer que ele se referiria aos seguidores como “Mishamigos” é coisa de newbie. Enfim, achei engraçado. E aproveitando que estou falando disso, siga o twitter do Misha. Eu não curto seguir twitter de “celebridades”, mas o dele é hilário, vale a pena mesmo.

Continuando, temos And then there was none (S06E16) numa clara referência à história de Agatha Christie, a “mãe de todos” reune alguns caçadores, que começam a morrer um atrás do outro. Episódio mais ou menos, com Sam e Dean bastante apagados dando mais espaço para Bobby e Rufus (?!!). Não sei bem para que serviu, porque o recado da “mãe de todos” para os Winchester não foi muito revelador (oh, todos vão morrer) e fora o fato de que descobrimos que ela continua criando novos monstros, as informações relevantes param por aí.

Claro, valeu para arrumar uma desculpa para tirar Vovô Winchester da brincadeira, e para mostrar o quanto os Winchester consideram Bobby parte da família (não que outros trocentos episódios já não tenham mostrado isso, mas…), porém a verdade é que tem aí seis episódios para acabar a sexta temporada e a realidade é que ela não engrenou, não empolgou e eles vão ter que tirar algum coelho da cartola no season finale para fazer o público ficar curioso para  a sétima temporada.

Ah, e uma dica: matar Sam e Dean já não surte mais o mesmo efeito heim.

5 comentários em “Supernatural S06E15 e S06E16”

  1. A tristeza é que só fui lembrar que a tal “mãe de todos” existia pelo previously, senão ia boiar… sei lá, aquela tiração de sarro toda com as críticas à série em The French Mistake me deixou com esperança de fosse melhorar. Mas não, mesma enrolação de sempre.

    1. é o problema de colocar muita coisa para dar continuidade à série. crowley, alphas, mãe de todos… estão atirando para todos os lados, não focam em um negócio só e acaba perdendo muito da tensão que um episódio poderia causar.

  2. tb achei bem engraçado o episódio – gosto desses que funcionam como um alívio cômico durante as temporadas.

    e também acho que a coisa toda ainda não engrenou e que o Sam já pode parar de morrer e que o Dean não vai conseguir se afastar das caçadas pra retomar (?) a vida com a Lisa…

    é, esperemos pra ver o que se dará.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *