House M.D. S06E14 e S06E15

Eu nunca achei que diria isso, mas a verdade é que estou começando a ficar cansada de House. Antes a fórmula repetida em todos os episódios dava certo e não enchia a paciência por causa das histórias paralelas, mas agora até as histórias paralelas já estão repetindo. É House azucrinando o Wilson, é o Taub com problemas com a mulher, é o Foreman que quer ser House e nunca será, etc. etc. etc. Não aparece nenhum elemento novo ali, ou pelo menos nada com um efeito comparável ao das temporadas anteriores. E aí o que sobra são episódios maizomeno, daqueles beeem descartáveis e que você nem perde grandes coisas caso não assista.

E o maior problema disso é que eles resolvem algumas coisas muito apressadamente, não desenvolvem mais o que poderia render algo bom. Veja o caso do episódio Private Lives (S06E14), que traz a história de uma blogueira que acha que deve contar de tudo para seus leitores (fala sério, tem alguém que ainda acha que blog serve só para ser querido diário?). Nessa onda “segredos” da equipe são trazidos à tona, como o filme pornô no qual Wilson participou na juventude, ou o fato de House estar lendo um livro escrito por seu pai.

Era tanta coisa que poderia sair desse detalhe de House vasculhando o livro do pai, sei lá. Nem que fosse alguma suposta tentativa de aproximação ou algo que o valha. Mas aí, como quase sempre tem acontecido nos últimos tempos, lá vai Wilson conversar com House no elevador e matar a charada e buenas, bola para frente e é como se aquilo nunca tivesse acontecido.

Por falar em “como se aquilo nunca tivesse acontecido”, é no mínimo estranho que após um episódio inteiro dedicado à ela (o mediano 5 to 9), Cuddy quase nem apareceu. Lucas não apareceu. É quase como se esses fossem os episódios anteriores à pausa, e não os posteriores. De qualquer forma eu nem reclamo muito da ausência da Cuddy, porque se for para tocar as coisas como estão fazendo, é melhor deixá-la quietinha na manga para usar mais na próxima temporada.

Aí teve Black Hole (S06E15), um episódio chato, com um mistério clínico chato, subtramas chatas e repetição de elementos ad infinitum. Uma menina passa mal, o namoradinho super cuida dela, pensam muito e muito sobre o que pode ser a doença dela e nesse meio tempo  House enche o saco do Wilson sobre a mobília de casa e Taub tenta resolver os problemas com a patroa e yadda yadda yadda. Sério, depois de 20 minutos a única coisa que passava na minha cabeça era: ok, temporada está quase no fim. Eles VÃO chegar com alguma supresa foda que faça a pena continuar assistindo.

E espero de verdade que sim, porque sem um gancho bom para a sétima temporada, eu vou considerar seriamente deixar House para lá para começar a acompanhar alguma outra coisa.

Um comentário em “House M.D. S06E14 e S06E15”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.