Citações

Já dizia Machado de Assis “Há mais coisa entre o céu e a terra do que supõe nossa vã filosofia“! Hããããn? Machado?? Sim, sim. Eu sei que essa frase na verdade é proferida pela personagem Hamlet no final do primeiro ato. Mas quando vejo aquele famoso texto do “Um dia você aprende…” creditado à Shakespeare, fico com o mesmo ‘como assim???’ travado na garganta.

Claro, esse não é o único caso de citação creditada à pessoa errada. Tem uma história famosa de um e-mail que rolou por aí com um texto do Jabor comparando uma mulher batalhadora e a Adriane Galisteu, para ver qual era a mais bonita. Jabor apareceu na TV dizendo que ficava lisonjeado por considerarem o texto como dele, mas que não foi ele que o escreveu.

Na verdade eu não sei bem o que passa na cabecinha dessas pessoas. Esse do texto do Jabor, por exemplo. Quase consigo imaginar o anônimo autor, todo faceiro com a crônica recém escrita e pensando “Pô, se não falar que é do Jabor, não vão repassar o texto!” ou ainda “Tá louco que vou assinar meu nome? Vão pensar que sou viado!” ou coisa do gênero.

Sério, na época que eu ainda lia desses e-mails de mensagens bo-ni-tas, lembro que vi de tudo um pouco. Inclusive tinha um que achei muito engraçado, no qual Drummond sugeria que a pessoa fosse a uma academia “malhar” (sim, esse termo mesmo). E sabe o que é pior? Esse negócio de “citação” virou uma mania. Todo mundo cita um cara foda para soar inteligente: seja em e-mail de corrente, perfil de orkut, etc.

A questão é que muitas sequer leram a obra de onde saiu o texto citado. Outras tantas nem sabem o contexto geral da citação. E agora ficou comprovado: a grande maioria sequer sabe quem é o autor. Caramba, isso é multiplicar a ignorância. Vão ler, minha gente! Citem o que vocês conhecem, não o que leram picado por aí!

Em tempo: o tal do texto “Um dia você aprende…” foi erroneamente creditado ao Shakespeare por causa da frase no final, que por ironia era uma citação e com essas correntes acabou virando parte do último parágrafo. A frase “nossas dúvidas são traidoras…” é da peça Medida por Medida do tio William.

14 comentários em “Citações”

  1. Nerd que é nerd pensa que sabe tudo porque lê. Então pelo menos sabe o que está citando, diferente dos idiotas que mandam correntes com texto “Um dia vc aprende…” dando crédito ao Shakespeare.

    Se bem que pensando melhor, o texto é tão longo que já é um milagre fazer com que esses idiotas leiam até o fim. :eh:

  2. Eu deveria ter cursado a primeira série… mas não…

    Anica, querida, o problema é que Citar é muitas vezes usado como uam espécie de justificador supremo por algumas ambébas leitoras. Digamos que tem gente que Cita Shakespeare no fim de um texto e acha que só porque leu o livro e a coisa se enquadra tem causa ganha.

    A merda acaba sendo igual.

  3. Eu quase nunca cito ninguém. Se cito, é de alguma música. Raramente lembro de frases especificas dentro de livros ou filmes.

  4. Só cito quando sou obrigada por um trabalho acadêmico… sério, se eu não tenho uma idéia pra escrever algo não escrevo e ponto. Não fico tentando lembrar o trabalho dos outros ou buscando o trabalho dos outros pra escrever algo…

    Citar dessa forma (que a Ana falou)cai na linda mania de algumas pessoas de quererem aparecer algo que não são de jeito nenhum… E aí usam vários artifícios, como o de citar a torto e a direito… :gotinha:

    Comentário ao post anterior que só li agora: Ana, mil vezes obrigada pelo post. Não li Sandman até hj e estava doida pra saber a ordem correta…. Brigada brigada. *Prepara o bolso para a facada que vai receber*.

  5. Ok, vc quer ver quando é alguém citando algo que “leu” na Bíblia…
    Aí é pior ainda, inventam coisas que não estão em nenhuma das versões, e ainda vem dando lição de moral.
    Na boa, quer citar, leia, pesquise use o Google ou outra ferramenta de busca.
    Eu não lembro de nada que li ou ouvi, quando quero citar algo sempre recorro ao livro ou a sites da internet realmente confiáveis.
    É chato conversar com alguém que de 3 frases 2/5 são citações assim com é horrível ler um texto semelhante.

    BjoS!

  6. OOOOOOOOOOOPS!
    Não sei de onde tirei os 2/5 :uhu:
    Maaaas tudo bem!
    Na realidade quis escrever que de 3 frases 2 são …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.