Se correr o bicho pega…

“O eterno retorno é uma idéia misteriosa, e Nietzsche, com essa idéia, colocou muitos filósofos em dificuldade: pensar que um dia tudo vai se repetir tal como foi vivido e que essa repetição ainda vai se repetir indefinidademente! O que significa esse mito insensato?

O mito do eterno retorno nos diz, por negação, que a vida que vai desaparecer de uma vez por todoas, e que não mais voltará, é semelhante a uma sombra, que ela é sem peso, que está morta desde hoje, e que, por mais atroz, mais bela, mais esplêndida que seja, essa beleza, esse horror, esse esplendor não tem o menor sentido. Essa vida não deve ser considerada mais importante do que uma guerra entre dois reinos africanos do século XIV, qu enão alterou em nada a face do mundo, embora trezendo mil negros tenham encontrado nela a morte através de indescritíveis suplícios.

Será que essa guerra entre dois reinos africanos do século XIV se modifica pelo fato de se repetir um número incalculável de vezes no eterno retorno?

Sim, certamente: ela se tornará um bloco que se forma e perdura, e sua tolice será sua remissão.”

capoteÉ assim que Milan Kundera abre seu maravilhoso A Insustentável Leveza do Ser. Mas não é sobre esse livro que vou falar, na verdade eu deixei essa citação só para despertar a curiosidade de alguns, hehe. e também porque hoje lembrei desse trecho enquanto começava a leitura de A Sangue Frio, do Capote.

Impressionante. Quando era uma xóvem xúniar estudando jornalismo, tive que ler esse livro para Técnicas de Reportagem e Entrevista. Como naquele tempo eu mais bebia do que estudava, embarquei na desculpa da geral de que o livro tinha saído de catálogo (e realmente tinha) e não se encontrava para vender em lugar algum (e realmente não se encontrava mas isso não significa que EU fui fazer a pesquisa, hehe).

Com desculpa ou sem desculpa passei na disciplina sem ler o tal do livro. Aí chegou o filme Capote e bem, devo confessar que fiquei levemente interessada em ler “A Sangue Frio”, mas claro que eu tinha minha lista de prioridades e deixei para lá.

capote filmeEntão chego em minha primeira aula com a professora Liana (ficção de Língua Inglesa) e ôa, “A Sangue Frio” como leitura obrigatória. Enfim, resolvi por fim à cadeia de embromação e ataquei o livro. Estou indo para a segunda parte agora mas devo dizer: é bem interessante.

Inclusive na orelha do livro tem uma curiosidade que não foi dita no filme. Lembram que o Capote diz que tem uma memória 95% confiável ou algo que o valha? Pois bem. Ele sempre quis “criar uma nova forma literária” (romance de não-ficção) e para issose preparou durante 12 anos, fazendo inclusive exercícios como pedir para que os amigos lessem trechos de livro para ele transcrever com exatidão depois.

Enfim, volto a falar do livro quando tiver concluído a leitura. :mrpurple:

6 comentários em “Se correr o bicho pega…”

  1. Eu já li dito, também prum trabalho. Só que na época eu mais fumava do que tudo, por isso dava mó brisa esse lance de ler Capote. Foi por isso, e praticamente só por isso que eu me dei ao trabalho de ir no cinama assistir o filme. É um livro e tanto.

  2. Tou sabendo dessa greve, Anica. Uma amiga minha mora aí, o blog dela é o “apsiquismo” nos meus links. Que merda ein?

    Ainda não li esse livro, mas depois do filme eu fiquei curioso… mas estou de greve quanto a leitura de qq livro durante o período em que acontece a Bienal e eu, pobretão, não tenho grana pra ir… isso termina de foder um dia fodido.

  3. Hoho! Preciso de um favor seu… nada que suje, machuque, rasgue,triture, e coisas do tipo… coisa simples, haveria como falar com vc pelo msn?

    É sobre um blog que vi linkado ao seu e que me levou em um site de editora e que vi um livro e que quero fazer uma entrevista com ele. Não entendeu lhufas? Então: [email protected] e vc estará ajudando uma boa, caridosa, bela e modesta alma, no caso a minha.

    Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.