True Blood S02E04: Shake and Fingerpop

true_blood_season_2_episode_4É engraçado, mas acompanhando True Blood e vendo as mesmas personagens em todos os episódios, o respeito à linha narrativa, às vezes até esqueço que é uma série com vários roteiristas. Ontem enquanto eu assistia à Shake and Fingerpop (s02e04) fiquei pensando que ESSE era o tipo de episódio que fez com que eu continuasse vendo a série na primeira temporada, com diálogos engraçados, rápidos e espirituosos.

Aí fui dar uma fuçada no imdb e vejo que o roteiro desse episódio é do criador de True Blood, Alan Ball. Além desse episódio, ele foi também roteirista dos três primeiros da primeira temporada (ahá, bem aqueles que são cruciais para fazer com que eu decida se acompanharei a série ou não). Resumindo: ele manda bem e deveria escrever mais vezes. Não que os outros também não deem conta, mas as coisas realmente ficam diferentes quando o texto é dele.

Nesse episódio Sookie segue para Dallas com Bill e Jessica, Jason é escolhido como um dos Soldiers of the Sun (ou algo que o valha) e Tara ganha uma festinha surpresa de MaryAnn após se mudar para a casa de Sookie. Por festinha de MaryAnn, sim, mais uma daquelas orgias – dessa vez Sam acaba se engatando com Daphne (que eu ainda acho que é o porco da MaryAnn, considerando o arranhão nas costas). Nada de muito importante aconteceu, a não ser o fato de que Sookie descobre a tempo a armação orquestrada pela Fellowship of the Sun para sequestrá-la no aeroporto de Dallas.

Mas mesmo com pouco acontecendo, o episódio foi muito legal. Daqueles que você nem vê o tempo passar enquanto está assistindo. Como comentei sobre o roteiro, alguns ótimos diálogos (somando as boas atuações, é claro), rendendo momentos engraçados como a expressão de Bill ao perguntar “Do que posso chamá-la?” quando vai falar de Jessica para a recepcionista do hotel. Aliás, não me canso de repetir: Jessica é uma das melhores personagens dessa temporada.

Para terminar: Barry the Bellboy finalmente entra na história. Continuo achando que essa temporada tem tudo para ser (bem) melhor do que a primeira, quase tão boa que penso em sugerir para quem nunca assistiu começar pelo segundo ano, hehe. E algo bom: não teremos daquelas pausas estranhas e semana que vem já tem episódio novo. Iei _o/

3 comentários em “True Blood S02E04: Shake and Fingerpop”

  1. Assino embaixo sobre a Jessica.

    Nos final da temporada passada eu me perguntava o que eles ia fazer com uma personagem TÃO irritante, mas que trabalho eles fizeram.

    Olha que tô até começando a gostar mais da Tara :surprised:

  2. Também estou, acho que ela não está mais tão chata como na temporada passada (quer dizer, pelo menos deram uma amenizada naquela característica dela de querer afastar todo mundo de perto dela). É por essas e por outras que acho que a segunda temporada está começando bem melhor que a primeira (embora eu tenha gostado da primeira tb, senão eu não teria visto até o fim :g: )

  3. Eles estão claramente reduzindo o número de personagens do livro – na série muitas vezes um personagem é a fusão de até três personagens dos livros. Além daqueles sumariamente tesourados.

    Quero ver o quanto eles vão mostrar dos vampiros de Dallas e se vai aparecer o Xerife nerd.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *