Season Finale: House (S05E24)

house_md_poster5(O post está cheio de spoilers. Então, só leia se você já viu o último episódio da quinta temporada, ou se não liga muito sobre essa coisa de estragar surpresas.)

O quinto ano de House foi meio estranho. Primeiro porque a grande pergunta do final da temporada anterior (“Como House vai se virar sem o Wilson?”) acabou sendo respondida mais rápido do que o esperado. Também porque entre episódios memoráveis que ficarão entre os melhores de todos os tempos, como por exemplo o Here Kitty (S05E18)  e o Locked In (S05E19), alguns outros ficaram nas bordas da mediocridade. Então não dá para dizer que é uma das melhores temporadas, embora eu ainda ache louvável que eles consigam fazer o que estão fazendo mesmo após tanto tempo.

Veja o caso desse último episódio, Both Sides Now (S05E24). Como a maior parte das histórias do quinto ano, as relações de House com as pessoas acabou tendo mais foco do que o “mistério médico”, que era até bem interessante: um sujeito que não controlava a mão esquerda. Mas o foco central foi a noite anterior de House com Cuddy.

Eu não precisei ler qualquer spoiler para sacar que era alucinação, até porque as reações da Cuddy não estavam correspondendo ao que teria acontecido. Mas olha, eu tenho que dizer que foi de cortar o coração ver o House dizendo de um jeito até meio fofo algo como “Eu estava pensando se mudarei para sua casa” (não lembro exatamente) e ela dar aquela surtada e ele então finalmente perceber que nunca deixou de tomar o vicodin e que a alucinação dele estava fora de controle, já que no caso das aparições da Amber ele ainda racionalizava a situação, sabia que era ela alucinação.

E a verdade é que o final foi MUITO forte, mesmo.  E aqui é lógico que os méritos ficam por conta dos atores também, que estão levando muito bem seus papéis. O trio House (Hugh Laurie) – Wilson (Robert Sean Leonard) – Cuddy (Lisa Edelstein) é simplesmente perfeito. A química fica óbvia no momento em que Cuddy abre a porta do gabinete de Wilson e House vem atrás, quase chorando, para falar do problema das alucinações. NADA foi dito ali, a cena não teve nem um minuto. E você consegue absorver TUDO.

Eu não sei como as coisas ficarão para a próxima temporada. Acho que vai depender muito de quanto os roteiristas acham que a personagem principal depende do vicodim e das dores para ser o que é. Mas deixando o lado noveleiro falar mais alto, talvez tenha qualquer coisa do House se dando conta que ama a Cuddy e tendo que correr atrás do prejuízo (já que ela já deixou bem claro que não quer nada com ele).

Mas agora é esperar, né. E semana que vem, último episódio de The Mentalist (com comentários, é claro!).

5 comentários em “Season Finale: House (S05E24)”

  1. Mano, eu fiquei perplexo.
    Eu estava estranhando bastante também a reação dela, mas nem cheguei a imaginar que era alucinação.
    Na hora que ele começa a analisar o café, pensei que ele tivesse tomado o que ele teria dado a ela.

    Muito bom o final, realmente, muito bom.

  2. Ih… Pois a mim enganou bonito. Foi chocante. Fiquei bem curiosa sobre como será a sexta temporada… Como um cara como House vai lidar como vício e a Cuddy. Só a estada dele na clínica daria alguns episodios bem legais…
    bjks.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *