A ex do rockstar

axl_and_stephanie.jpgOntem estava em uma onda nostálgica e fiquei assistindo clipes dos Guns n’ Roses, mais precisamente os da fase Use Your Illusion (que foi quando eles começaram a torrar os tubos para fazer videos, hehe). Aí em November Rain e Don’t Cry lá estava Stephanie Seymour, mulher que tanto invejei por ser namoradinha do Axl e blablabla (ainda bem que a gente cresce, é o que eu sempre digo). Só que o namoro acabou e já em Since I Don’t Have You (do álbum The Spaghetti Incident) o Axl aparecia abraçadão com uma loira e Stephanie já estava no limbo das ex dos rockstar.

Mas não, não vou falar sobre a efemeridade dos relacionamentos dos famosos. Na realidade, estava aqui pensando nas frescurites que nós, pessoas simplórias que nunca cantamos para um público gigante (nem atiramos cadeiras de quartos de hotel), temos de vez em quando com esse caquinho de vidro no vão do dedo chamado fim de relacionamento (dos amigos).

É engraçado. Até os que dizem que lidam super bem com isso têm os seus momentos de não tirar a situação de letra – mas tudo bem, né? Piras solo todo mundo tem e isso não faz mal para ninguém. Porém, como já disseram antes: o inferno são os outros. É isso que nenhum casal que rompe leva em consideração. A não ser que você tenha vivido em uma caverna com seu amado, nunca é “só o casal” que rompe. Rompem os amigos dele (a) que você conquistou como seus. Rompem os pais bacanas dele (a). Rompem todos aqueles que de alguma forma conviveram com a “entidade” conhecida como casal.

E aí, meu filho, por mais que você seja um cara bem supimpa e descolado, não adianta, porque não depende de você (e no final das contas, é por causa de você). Essas pessoas se sentirão mal em algum momento por causa do fim do relacionamento. Seja apenas pelo constrangimento de ter que citar o ex para o amigo, seja por saudades do que costumava ser a vida quando ainda tinha a “entidade” casal, ou seja por causa de um rompimento cheio de estilhaços que fazem com que você tenha que escolher em qual lado ficará. O fato é que sim, as pessoas ao redor do casal sofrem junto.

E nisso eu volto para a srta. Seymour. Fico aqui lembrando das diversas vezes que passei por uma situação do tipo “Cara, esconde essa foto porque se ciclano vê foto dela com o ex vai ficar com ciúmes!” e penso: gente, pior é o Axl, que até fez clipe com a ex. Imagina o climão, né? Tá passando November Rain e toda a tchurma fica olhando para os lados quando aparece a moçoila.

Éééé, a partir de hoje eu largo mão de frescura com amigos que separam.

5 comentários em “A ex do rockstar”

  1. Ontem à noite passou na MTV um Top Top com os maiores Badass Mothafuckas da música e o Axl tava em 10º em boa parte por causa dessa mulher (ou de outra ex, não sei).

    Ele espancava ela e chegou até a amarrá-la nua no armário do quarto enquanto ia receber um amigo na sala.

  2. “Ele espancava ela e chegou até a amarrá-la nua no armário do quarto enquanto ia receber um amigo na sala.”
    :susto::susto::susto:

    credo!
    já aconteceu comigo de a menina terminar com meu amigo
    e depois dar em cima de mim…
    pff, que coisa chata!

Deixe uma resposta para Leandrão Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.