Pan pan pan!

pan-americano-ouro.jpgTodos acompanhando empolgadíssimos a disputa entre Brasil e Cuba pelo segundo lugar no Pan, e eu fico cá pensando: tem gente mais conformada do que nós? Por que ninguém comenta sobre o fato de o Estados Unidos estarem com quase o dobro de medalhas de ouro (de prata também)?

Porque se alguém comenta, lembrarão que lá nos Estados Unidos há um real investimento nos esportes, relacionando o treinamento com educação desde cedo. E bem, ninguém quer de fato investir, né? É mais fácil patrocinar um talento que já está ‘pronto’, do que mudar todo o sistema educacional de forma que o esporte seja mais valorizado (e educação física não seja sinônimo de recreio).

E quem diria que aquela vaia para o Lula não seria o único problema da torcida brasileira no Pan, heim? A revolta de alguns atletas estrangeiros, e opiniões de alguns brasileiros, só me levam a crer que era só folia mesmo. O Pan, da cerimônia de abertura até às competições do atletismo, foi confundindo com um imenso FlaxFlu. Quer dizer, acho que nem em um FlaxFlu os torcedores chegam ao extremo da falta de noção gritando “Osama!” como fizeram no jogo contra os Estados Unidos no Pólo Aquático.

Mas no final, é só um sintoma. Brasileiro adora política, mas não tem educação. Não deixa de ser irônico, no final das contas. Até porque se eles colocassem o gogó para funcionar nos locais corretos, provavelmente teríamos uma melhora no que diz respeito ao segundo item.

6 comentários em “Pan pan pan!”

  1. Dona Minhoca on 29 Julho, 2007 at 10:38 am said:

    É, por essas e outras eu simplesmente ignorei o Pan.

    Eu bem que tentei :mrpurple:

    Lukaz on 29 Julho, 2007 at 12:40 pm said:

    Eu sei lá. É por essas e outras que eu meio que “desisti” do povo brasileiro. Ficar esperando algo realmente bom do povo daqui é muito complicado.

    Mas é justamente isso, Lukaz. Não dá para esperar. É mão na massa. E não é com quem está lá no poder que vai mudar, a educação continuará essa b*. Mas sabe aquilo de pequenas atitudes que somadas fazem a diferença?

    Pode parecer meio inocente da minha parte, mas eu acredito nisso.

  2. O pior, para mim, cúmulo da ironia mesmo, foi, no meio de toda essa falta de educação que você descreveu, ainda ter que ouvir centenas de vezes: “Sou brasileiiiiirooooooooo com muito orguuuuulhooooooo, com muito amoooooooooooooooor.”
    Com aquela coisa toda do acidente do avião da Tam fazendo “fundo”, foi estranho. Muito estranho.

  3. Anica,que bom que você aborda esses assuntos. Estou bem preocupada, pois pensava que os brasileiros com pouca instrução agiam assim. Percebo que a classe abastada brasileira não tem noção do que realmente acontece no Pan. A platéia ali está para assistir a apresentação, o preparo, o desempenho de cada atleta, de cada equipe. É um espetáculo, uma apresentação e uma platéia. O maior absurdo e não entender que ali estão personagens e suas habilidades em demonstração. Não cabe ali uma torcida. Ao espírito olímpico cabem aplausos e reverência a cada atuação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *