Embracing my inner freak

battlestargalactica.jpgEu achava que tinha alcançado o cúmulo da nerdice quando comecei a assistir a série clássica de Star Trek (e o pior, gostar!!), mas nunca se é nerd o bastante!! Ahhh, não, não é. Você ainda pode cruzar com uma minissérie chamada Battlestar Galactica e, piuf, lá vai você ganhar mais dois graus na escala nérdica.

E sabe o que é pior (ou melhor)? A minissérie é muito boa, independente de você curtir sci-fi ou não. Porque a parte das naves, das batalhas e afins servem apenas de pano de fundo para o drama vivido pelos sobreviventes de um ataque que dizima todas as colônias terráqueas.

Sim, é isso aí: na série, a humanidade são alguns gatos pingados dentro de uma nave, lutando para sobreviver ao ataque dos inimigos que eles mesmos criaram, os cylons. Eu ouvi dizer que essa minissérie foi baseada em uma série antiga, mas que sofreu várias adaptações (incluindo o dato dos cylons serem robôs criados pelos humanos que depois se revoltaram contra os criadores), e que sofreu forte influência dos atentados do 11 de setembro.

As decisões que recaem nos ombros de alguém que era da secretaria da educação porque simplesmente todos os governantes foram exterminados, as conseqüências da decisão de não se entregar, a paranóia de o inimigo ser irreconhecível porque é igual a você… enfim, está tudo lá, mas de uma forma muito humana. Não é o tipo de série recheada de frases de efeito que fazem o roteiro parecer uma colcha de retalhos.

Resumo da ópera? Agora que acabei de ver a minissérie, tenho três anos da série para acompanhar. Iei, sou uma nerd!! :joy: Ah, sim, e antes que eu me esqueça, para os marmanjos, um bom motivo: Número 6.

7 comentários em “Embracing my inner freak”

  1. O piloto da série clássica passava toda hora em um dos Tele Cines. Diz a Dna. Kuinzytao que nós assistíamos o seriado clássico, mas eu acho que era muito novo para lembrar.

    Quando o novo estreou teve bastante hype e os nerds das antigas gostaram, o que deve ser um bom indicativo.

  2. Bah tchê! Que saudade dos tempos que eu via Guerra nas estrelas, Star Trek e Enterprise!!! Nunca pensei que fosse nerdisse, afinal, Enterprise era uma das que passava todos os dias na tv (pelo menos, na Alemanha). 🙂 Quanto tempo será que demora pra baixar??? Ou será que tu me emprestarias a tua valiosa coleção depois de vê-la?! 😉

  3. Slicer on 6 July, 2007 at 2:46 pm said:

    O piloto da série clássica passava toda hora em um dos Tele Cines. Diz a Dna. Kuinzytao que nós assistíamos o seriado clássico, mas eu acho que era muito novo para lembrar.

    Quando o novo estreou teve bastante hype e os nerds das antigas gostaram, o que deve ser um bom indicativo.

    Ontem assisti ao primeiro episódio da série mesmo (a de 2004) e me pareceu muito legal, parece que mantem o nível da minissérie =]

    Ana on 6 July, 2007 at 4:59 pm said:

    Bah tchê! Que saudade dos tempos que eu via Guerra nas estrelas, Star Trek e Enterprise!!! Nunca pensei que fosse nerdisse, afinal, Enterprise era uma das que passava todos os dias na tv (pelo menos, na Alemanha). 🙂 Quanto tempo será que demora pra baixar??? Ou será que tu me emprestarias a tua valiosa coleção depois de vê-la?! 😉

    Olha, da série clássica são 3 caixas com 7 dvds cada, então para baixar deve levar uma eternidade 😮

  4. Nerd sou eu que além de ST e BSg ainda assisto Babylon 5, Firefly, Doctor Who, Farscape….isso sim que é ser nerd.

    And I love it! :love:

  5. Omykron on 8 July, 2007 at 10:47 pm said:

    eu tentei acompanhar, mas não rolou…. não consigo aceitar os horários que a TNT exibe BSG..

    É, nem a tv a cabo nos respeita :disgust:

    Dona Minhoca on 9 July, 2007 at 9:23 am said:

    “nunca se é nerd o bastante!!”
    Putz, a coisa mais sábia que ouvi nos últimos tempos. :uhu:

    :mrpurple:

    Lucy on 10 July, 2007 at 10:56 am said:

    Nerd sou eu que além de ST e BSg ainda assisto Babylon 5, Firefly, Doctor Who, Farscape….isso sim que é ser nerd.

    And I love it! :love:

    É como eu disse, nunca se é nerd o bastante. Um dia chego lá :mrpurple:

Deixe uma resposta para Anica Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.