Ultraje

Das lembranças que eu tenho de infância, eu lembro sempre de uma vez que eu, meu pai e meu irmão estávamos dentro do carro no estacionamento do supermercado, esperando minha mãe fazer compras. Aí começamos a cantar:

O meu chiclete faz ploc
O seu chiclete faz bum
O meu chiclete faz ploc
O seu chiclete faz bum
Bum bum bundão
Bum bum bundão
Bum bum bundão…

Enfim, um daqueles momentos familiares inesquecíveis. E tratando-se de Ultraje a Rigor, é engraçado como de certa forma a banda marcou minha infância com músicas como Marylou, Nós Vamos Invadir Sua Praia e Pelado. Ouvindo hoje em dia, posso dizer que não é só pelo bom humor das letras (constraste com a maioria das bandas de letras tristes que dominavam as rádios na época), mas o som dos caras é bom também.

E fico muito feliz por saber que o tempo não fez mal para a banda. Dia desses, trocando de canal, escuto na tal da novela “Belíssima” uma música que é o bom e velho Ultraje de sempre, a “Todo Mundo Gosta de Mim”. Eu obviamente não vou colocar a música aqui porque pirataria é crime :dente: Mas segue a letra, para vocês entenderem do que estou falando:


Todo Mundo Gosta de Mim

Todo mundo gosta de mim (4x)

Eu sei que eu sou bonito, divertido e inteligente
Só não sei como é que eu pude conquistar toda essa gente
É uma coisa tão gostosa e todo dia eu agradeço
É tão bom sentir-se amado mas, no fundo, eu mereço

Todo mundo gosta de mim (4x)

E conforme eu vou andando eu vou parando e dando a mão
Pras pessoas que me chamam e confessam sua paixão
É polícia, é bandido, é bacana, é fudido
Todo mundo dá um sorriso e me olha enternecido

Todo mundo gosta de mim (4x)

E até a roupa que eu uso todo mundo quer usar
Mesmo a que está no meu corpo, às vezes tenho que tirar
Alguns vêm me dar dinheiro, alguns querem me tocar
As meninas pedem beijo e sempre querem me abraçar

Eu não sei se é o meu cheiro, que é gostoso pra danar
Até quando eu solto um peido, todo mundo quer cheirar
Pode ser minha simpatia, o meu corpo, ou o meu olhar
Mas o fato é que eu não encontro quem não canse de me amar

Todo mundo gosta de mim (4x)

***

Ahhh, sim. Como prometido, um momento de “Boa Noite e Boa Sorte”:

This might just do nobody any good. At the end of this discourse a few people may accuse this reporter of fouling his own comfortable nest and your organization may be accused of having given hospitality to heretical and even dangerous ideas. But the elaborate structure of networks advertising agencies, and sponsors will not be shaken or altered. It is my desire, if not my duty, to try to talk to you journeymen with some candor about what is happening to radio and television. And if what I say is responsible I alone am responsible for the saying of it. Our history will be what we make of it. And if there are any historians about 50 or 100 years from now and there should be preserved the kine scopes of one week of all three networks they will there find recorded in black and white, and in color evidence of decadence, escapism and insulation from the realities of the world in which we live. We are currently wealthy, fat,comfortable, and complacent. We have a built-in allergy to unpleasant or disturbing information. Our mass media reflect this.But unless we get up off our fat surpluses and recognize that television in the main is being used to distract, delude, amuse, and insulate us then television and those who finance it those who look at it and those who work at it may see a totally different picture too late.

5 comentários em “Ultraje”

  1. Nunca ouvi Ultraje. Detesto a cara de todos da banda.

    Sobre o Good Night, and Good Lock: meu inglês está em fim decolando, graças a esses textos que você coloca aí. Porque, além de suuper intelectuais, são de uma linguagem fodida demais para meu english baseado em “fuck you, queer mother fucker“.

  2. O Ultraje à Rigor fez um enorme sucesso na época, aliás o Rock Brasil estava em alta nesta ocasião, como o Legião Urbana, Paralamas, Kid Abelha, Capital Inicial, Barão Vermelho, entre outros. Também fizeram sucesso outras bandas, tais como o Kid Vinil, Ego Trip, Metrô, Tremendo, Dominó…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *