Duas perguntas:

Antes de mais nada: jingle da Skol? Qual é o jingle da Skol? Eu gostei da propaganda da Brahma com o Zeca Pagodinho, super emocionante aquela coisa de trazer uma estrela e tudo o mais, embora meu coração diga que não haverá estrela para o Brasil esse ano.

Ok, agora a segunda pergunta: alguém poderia por favor dizer onde foi parar a programação legalzona do Multishow? Eu lembro que ficava quase que direto assistindo esse canal quando tinha lá meus 15 anos de idade. Passava Monty Python, Ren&Stimpy, Os Vingadores, O Fantasma em 2040, My So Called Life, Anos Incríveis… Era muito bom. Agora… bem, dava para dizer que tem Sex and the City, mas isso tem na Fox também.

De qualquer forma, relembrando os bons tempos do canal, resolvi fazer uma homenagem ao meu programa favorito, Monty Python é claro. Somando à série e aos filmes, vamos ao top 5…

MELHORES MOMENTOS DO MONTY PYTHON!!

(Obs. Eu até pensei em colocar algo de “Em Busca do Cálice Sagrado” e afins, mas aí fecharia um top5 só com filme. Por isso deixei a coisa restrita só às séries mesmo, outro dia faço um top5 filmes, he he)

5. “It’s

A série Monty Python Flying Circus sempre começava com essa personagem. Todo desgrenhado, ele escalava montanhas, nadava e fazia o escambau para chegar perto da câmera arfando e dizer “It’s…” e aí ser interrompido pela vinheta de entrada da série. Se eu não me engano ele aparecia no final dos episódios também, mas não tenho certeza.

4. “Lumberjack

Bastante recorrente, mostrava um homem insatisfeito com seu trabalho e que então dizia “I didn’t want to do this job. I wanted to be… a lumberjack!” e então começava a cantar a música:

Leaping from tree to tree! As they float down the mighty rivers of
British Columbia! With my best girl by my side!
The Larch!
The Pine!
The Giant Redwood tree!
The Sequoia!
The Little Whopping Rule Tree!
We’d sing! Sing! Sing!

Oh, I’m a lumberjack, and I’m okay,
I sleep all night and I work all day.

CHORUS: He’s a lumberjack, and he’s okay,
He sleeps all night and he works all day.

I cut down trees, I eat my lunch,
I go to the lava-try.
On Wednesdays I go shoppin’
And have buttered scones for tea.

Mounties: He cuts down trees, he eats his lunch,
He goes to the lava-try.
On Wednesdays ‘e goes shoppin’
And has buttered scones for tea.

CHORUS

I cut down trees, I skip and jump,
I like to press wild flowers.
I put on women’s clothing,
And hang around in bars.

Mounties: He cuts down trees, he skips and jumps,
He likes to press wild flowers.
He puts on women’s clothing
And hangs around…. In bars???????

CHORUS

I chop down trees, I wear high heels,
Suspendies and a bra.
I wish I’d been a girlie
Just like my dear papa.

Mounties: He cuts down trees, he wears high heels
Suspendies?? and a …. a Bra????
(spoken, raggedly) What’s this? Wants to be a *girlie*? Oh, My!
And I thought you were so rugged! Poofter!

CHORUS

All: He’s a lumberjack, and he’s okaaaaaaayyy…..

3. “A Piada Mais Engraçada do Mundo”

Essa é do primeiro episódio de Flying Circus (que revi no ano passado lá no Fábio :love: ). A história era a de um cara que inventou a piada mais engraçada do mundo, que todos que liam o que ele tinha escrito acabavam morrendo. O desenvolvimento da história é puro nonsense, incluindo o exército usando a piada para exterminar os inimigos.

2. “Manjar Branco do Mal”

Ah, bem. Agora algumas pessoas já sabem de onde tirei aquele perfil que usei uns meses atrás no orkut. Acho que essa é uma das sketches que melhor representam o humor nonsense do Monty Python: o plano consiste em transformar todos os humanos em escoceses para que um Manjar Branco possa vencer o torneio de Wimbledon (porque, segundo eles, todos sabem que os escocese são péssimos tenistas). Sério, acho que nunca ri tanto como quando vi isso na tv.

1. “Príncipe e a Pinta”

Se o Manjar Branco é o que melhor representa o lado nonsense do humor do Monty Python, acho que esse quadro do Príncipe é o que melhor representa o humor negro. Isso sem contar que é uma daquelas animações bacanas e tão marcantes do Gilliam, né? Enfim, a história é a seguinte: (tom de história infantil) um belo dia, um lindo príncipe encontra uma pinta preta em seu rosto, mas ele a ignorou. Seis meses depois ele morreu de câncer.

Awful, ahn? Mas não fica por aí. Acaba que a pinta sai do rosto dele, conhece uma pintinha e tem vários filhos pintinhas com ela. O pior (ou melhor) é ainda ter que ver trocadilhos como esse aqui

(Em tempo: enquanto procurava imagens para esse top5, achei na wikipedia algo muito interessante. Para os fãs de Douglas Adams: clica aqui!. )

14 comentários em “Duas perguntas:”

  1. O deja vu era um que o cara passava sentado na mesa dele, com a câmera parada e ele alternava SEMPRE a mesma seqüência de atos… ok, até eu achei essa descrição sonolentamente chata, mas que o sketch é legal, ah, é! :mrgreen:

  2. uia, nem lendo a descrição eu consegui lembrar 😮
    na verdade a única coisa que passa na minha cabeça sobre monty python e deja vu é aquela cena de Em Busca do Cálice Sagrado que o Lancelote vai invadir o castelo vem correndo de longe, aí repete ele correndo várias vezes, até que do nada ele chega no castelo e acerta os guardas 😆

  3. oi, vc pode postar o nome em ingles do episodio que passa a piada mais engraçada do mundo, do mont phyton?…eh que eu to tentando baixar no emule e nao sei qual pegar
    um bjo :mrgreen:

  4. Oi, Carolina =]

    Você pode encontrar esse episódio procurando “Episode One: Whither Canada?” do Flying Circus, mas se quiser só a parte da piada, procure por “The funniest joke in the world” 😉

  5. cara nem sei se tu ainda responde a qui mas se puder posta o nome do episodio inteiro em ingles do manjar branco, eu to baixando aqui e com o tempo baixarei todos mas quero logo esse, valeu

Deixe uma resposta para Fábio Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *