O Grito do Sr. e da Sra. Smith que são Dois Filhos de Francisco dos Olhos de Vidro

(Ou: “Filmes do Final de Semana” :mrpurple: )

Bom, nada como um frio repentino e muita preguiça para dar uma olhada no que há de novo (ou não tão novo hehe) no cinema. Continuo achando que 2005 é um dos anos mais fracos para o cinema, talvez eu tenha visto os filmes errados, talvez Bill Murray nos salve, talvez faltaram coisas udigrudi, vá saber. Mas não vi nada de MUITO animador.

Bom, mas vamos lá, para os comentários gerais sobre os filmes do final de semana.

Para começar, temos o Sr. e Sra. Smith. Sabe, o filme é bacana e tem momentos bem engraçados, algumas sacadas que lembram as comédias de Billy Wilder e tudo o mais. Mas tem algo errado ali, e ainda não defini bem se são os beicinhos que a Jolie fazia para a câmera (comparada com a atuação hilária do Pitt) ou o fato de não ficar muito definido se é uma comédia ou um filme de ação. Sabe, as vezes atirar para todos os lados não funciona. Perdão pelo trocadilho.
Nota:

Aí tem o italiano Olhos de Vidro. O filme é legal, não vou dizer que não é. Mas caraca, é Se7en! :gotinha: É um problema no cinema, essa coisa de “vamos adotar fórmulas que funcionaram”, na verdade a coisa emperra, demora-se para ter algo novo e bom, algo que surpreenda. Aí nós temos um monte de Se7ens, um monte de Sexto Sentidos e por aí vai. Que graça tem ver um filme que é para ser surpreendente se ele copia um outro filme?
Nota:

Na mesma linha a versão americana d’O Grito. O Shimizu teve a oportunidade de fazer um filme novo, e preferiu apostar no que já tinha acertado lá fora. Não é de todo ruim, porque ainda dá medo (e bem, essa é a finalidade do filme). Mas eu não consigo entender: se a versão japonesa chegou até nós – suponho que lá nos EUA também – porque fazer um filme igual? Não é como se fosse difícilimo conferir a versão oriental, entende?
Nota:

Mas bem, há um lampejo de criatividade no cinema 2005! Dentro de todas as expectativas, gostei de Dois Filhos de Francisco! Lógico, Ângelo Antônio com a personagem ‘Francisco’ é que carrega o filme todo, desde os momentos mais engraçados até os mais tristes. O filme emociona sem partir para o óbvio, por exemplo, poderia ficar dando ênfase para a miséria na qual eles viviam, mas deu apenas uma “pincelada” nisso. Há imagens de encher os olhos (não é aquele Brasil-cor-de-terra básico que adoram mostrar) e é verdade o que dizem: o fato de ser sobre uma dupla sertaneja não quer dizer que o filme seja ruim. Quem ainda não viu, deveria conferir.
Nota:

14 comentários em “O Grito do Sr. e da Sra. Smith que são Dois Filhos de Francisco dos Olhos de Vidro”

  1. Não estou vendo as notas 😮

    Foi uma seleção de filmes meio estranha. De uma certa forma eu senti perdendo tempo com O Grito, mesmo ele sendo um apanhado da smelhores cenas dos 4 originais japoneses. Mas é realmente uma estupidez refazer o filme só pra ter a Sarah Buffy e algumas frases em inglês. Algo me diz que os americanos estão perdendo a capacidade de ler (inclusive legendas).

    Os demais, bom. Sobrou ação no Sr e Sra Smith (e a Jolie é muito fraca perto do Pitt) e os tais Olhos de Cristal valeui pra lembrar como Se7ven é bom.

    No mais, o jeito é esperar King Kong.

  2. Ahh, descobri o problema então. O photobucket está bloqueado aí no seu trabalho :dente:
    Por isso você não viu aquele smile aquela vez no fórum, e tb não consegue ver a nota hehe.

    E sim, tinha esquecido disso. Americano não gosta de filme que não seja em Inglês, talvez seja a única explicação de pq O Grito é só “the best of” (fico aqui pensando no que terá n’O Grito 2) Aff, não consigo imaginar 2 Filhos de Francisco dublado 😮

  3. Eu gostei de O Grito, tive medo =/
    e gostei tb do Sr e Sra Smith… engraçado… rs

    passei aqui pra responder a duvida do fotolog, já q lá não dava pra responder
    peguei aquela foto no Google mesmo…

    e o blog ficou muito legal..

    e eu me mudei, end ae no link, bju

  4. newspaper editoe on 12 Dezembro, 2005 at 6:58 pm said:

    Eu tenho a leve inpressão de que gostwi de “Dois filhos de chico”. Sei lá, derrepente estou menos niilista cinematograficamente falando.

    Dá para se dizer que é um filme… hmm… simpático :dente:

    Nienor on 12 Dezembro, 2005 at 7:00 pm said:

    Eu gostei de O Grito, tive medo =/
    e gostei tb do Sr e Sra Smith… engraçado… rs

    passei aqui pra responder a duvida do fotolog, já q lá não dava pra responder
    peguei aquela foto no Google mesmo…

    e o blog ficou muito legal..

    e eu me mudei, end ae no link, bju

    Opa, vou atualizar o link então ^^

  5. “Producer: the money man. A producer makes all the arrangements for funding and developing a studio deal to get the film into production and distribution.”

    Cinematograficamente falando, o fato de ter os dois na produção não significa grandes coisas (na minha opinião, é claro).

  6. Eu DE-TES-TO música breganeja, mas adorei o 2 filhos. Independente do que eles cantam, a história vale a pena. Fora que tocou muita moda de viola antiguinha, que é coisa que eu gosto. Não gosto é dessa corno-music de duplinha…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *