Desejos de Ano Novo

X -> aqui eu tinha colocado um gif toscão.

Nossa, que gif tosco. Bom, tá aí só para ilustrar a minha lista de desejos de Ano Novo, que estou fazendo antecipadamente por pura birra. Depois eu reviso a lista de resoluções do ano passado.

EM 2005 EU QUERO:

* ESTAR QUASE ME FORMANDO
* APRENDER A DIRIGIR
* COMEÇAR O FRANCÊS
* LER ULYSSES
* ME APAIXONAR
* VOLTAR A DESENHAR

Continue lendo “Desejos de Ano Novo”

Eu decidi duas coisas.

1. Vou começar uma coleçãoo de DVDsComo já tenho ‘Amnésia’ e o Lê acabou de dar ‘Cães de Aluguel’ para mim, considero já um bom começo. Aproveitei que estava no Centro hoje com o Lê e comprei para mim ‘A Pequena Loja dos Horrores’ e ‘A Rainha Margot’. Quatro DVDs… �. Um dia chego lá.

Importantíssimo que todas as pessoas amadas percebam esse novo detalhe para não errar na hora de comprar meu presente de aniversãrio. Dia 18/01, não esqueçam. Enfim, quero DVDs. Qualquer hora eu coloco a lista dos que quero ganhar, hehe.

Continue lendo “Eu decidi duas coisas.”

Cães de Aluguel por Nick Hornby

Bom, hoje o Alex devolveu meu “Alta Fidelidade” e eu finalmente pude tirar a prova sobre a conversa entre Rob e Barry. Lá vai:

” – Barry, se eu dissesse a você que não vi ‘Cães de Aluguel’ ainda, o que isso significaria?
Barry olha para mim.
– Simplesmente… vamos, o que significaria para você? Essa frase? Não vi ‘Cães de Aluguel’ ainda?
– Para mim significaria que você é um mentiroso. Ou isso ou você enlouqueceu. Você o viu duas vezes. Uma vez com Laura, uma vez comigo e com Dick. Tivemos aquele conversa sobre quem matou o Mr. Pink ou outra porra qualquer.

Continue lendo “Cães de Aluguel por Nick Hornby”

Reflexões Shakespearianas

O livro é absurdamente FODA. Bom, pelo menos para alguém apaixonada por Shakespeare como eu sou. E quer saber? Dane-se, vou fazer minha monografia do Inglês sobre Shakespeare mesmo. E com sorte um dia serei uma Liana Leão ou Barbara Heliodora da vida.

Eu estava pensando sobre as coisas que me fazem gostar tanto de estudar Literatura (por estudar leia-se “pesquisar, e não apenas ler o livro”). Eu acho que é pelo pé na História, como no caso desses estudos sobre Shakespeare que estou lendo.

Continue lendo “Reflexões Shakespearianas”

One Art

Bom, a palestra do Schwartz foi realmente impressionante. No sentido de “PUTAQUEPARIU, SE EU FOR DAR AULA DE LITERATURA UM DIA, QUERO FALAR COMO ELE!”. Em menos de duas horas ele apresentou uma poetisa (completamente desconhecida para mim) e me fez me apaixonar pelo trabalho dela, ao ponto de querer ler mais e mais.

A poetisa em questão é Elizabeth Bishop. Pelo que Schwartz falou, ela era daquelas mulheres impressionantes que quebram tabus com uma (ou por uma?) paixão sem tamanho.

Continue lendo “One Art”

SEMANA DE LETRAS: so far so what?

Antes de mais nada, a semana é aberta a toda a comunidade e é de graça. Então só curitibano burro perde uma chance boa como essa de participar de palestras tão interessantes que no mínimo, aumentarão a bagagem cultural de quem for. No mínimo…Dois dias e eu já estou feliz da vida por ter me colocado à disposição da Coordenação para ser monitora. Já vi muita coisa boa, algumas boas surpresas, mesmo quando o assunto não é o do meu interesse (se vocês esqueceram, é a Literatura).

Continue lendo “SEMANA DE LETRAS: so far so what?”