True Blood S02E11: Frenzy

TrueBlood_21Penúltima vez escutando Bad Things do Jace Everett (indicada para melhor música no Scream Awards desse ano, já votou?), e o título do décimo primeiro episódio dessa temporada (Frenzy) resume bem o ritmo que a história está tomando. É aquele tipo de episódio que arruma tudo para a conclusão, como que colocando as peças em um tabuleiro de xadrez. Começamos com a conversa de Bill com a Rainha da Lousiana (interpretada por Evan Rachel Wood), tentando descobrir o que pode matar uma menade.

Em Bon Temps, Sookie e Lafayette tentam (em vão) manter Tara longe de Eggs (e por consequência, Maryann) – o que tomou mais tempo no episódio do que deveria, na minha opinião. Porém, a conclusão com Lafayette de olhos negros foi muito legal, parece final de conto de horror (e lógico que atiça ainda mais a curiosidade para o fim da temporada).

Sam cuida dos filhos de Arlene (momento cute ficou por conta disso, já que Jessica e Hoyt romperam porque Jessica mordeu a sogra, hahaha). Ele também vai pedir uma ajuda inusitada: Eric – que vai atrás da Rainha da Louisiana (poisé, desceu pelo ralo as esperanças de vê-lo de lycra pink). Pam apareceu um tico, com uma roupa impagável – mas continuo achando uma pena que a segunda temporada esteja perto do fim com tão pouco dela.

E finalmente foi explicado o motivo pelo qual a Maryann cismou tanto com a Tara. O engraçado é que eu já achava tão chata essa parte da história que a curiosidade inicial que eu tinha (por que ajudou a Tara? Por que fazia questão de estar perto dela se tinha seguidoras como a Daphne?, etc.) acabou se apagando. Enfim, o tal do ritual para tirar o demônio do corpo da Tara na verdade foi uma invocação à Maryann. Ahhhhhh, tá, agora eu entendi (blé!). Falando na Tara, wtf, o que era aquele ovo?

Sobre o que está por vir, me parece bem claro (embora bem distante do que vemos no livro da Charlaine Harris): Sam será entregue para o ritual, e Bill (ou Eric, se ele também conseguir a informação da Rainha) vão dar um jeito de mostrar para Maryann que o deus dela não virá porque não existe. Pans, fim. De qualquer forma, fica aí uma surpresinha da última temporada que descobri enquanto mexia no IMDb. Adivinha quem fará uma participação especial?

ch

Não reconheceu a tia conversando com Sam? É Charlaine Harris, a autora dos livros nos quais a série é baseada. =]

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *