Animais no metrô

Calma, não vou falar sobre o mau comportamento das pessoas no metrô, até porque só andei de metrô uma vez na vida (e isso não quer dizer que sou chique e só ando de carro, mas que sou jeca e quase nunca saio de Curitiba mesmo). Enfim, então que saiu um daqueles sites engraçadinhos que não mudam a vida de ninguém mas aí você vê e pensa “Que bem sacado! Vou compartilhar com os leitores do meu blog!”, e os leitores não ficarão mais espertos, mas enfim, tudo por um segundo de uón. Seja lá o que for uón. Não estou muito articulada hoje.

Então, a história é assim: há 20 anos, Paul Middlewick estava lá, observando o mapa do metrô de Londres, viu um elefantinho na imagem. Antes de julgarmos Paul como um chapadão, vejam vocês mesmos como há de fato um elefantinho no mapa do metrô de Londres:

E citando a pequena Galadriel, a História virou Lenda e a Lenda virou Mito. Trocando em miúdos: mas um montão de gente começou a ver bichinhos no mapa de metrô de Londres e agora tem até um site no qual você pode conferir a arca de Noé subterrânea. Tem de tudo, até ursinho polar. É tipo olhar nas nuvens, saca? “Olhar o mapa é o novo olhar as nuvens“, eu diria. O que me faz lembrar que um dia alguém me disse que só era possível ver animais nas nuvens, e até hoje eu só consegui ver animais nas nuvens – não sei se porque a pessoa me disse isso, ou porque o que a pessoa que me disse isso é verdade, se é que vocês me entendem. Alguém já viu outra coisa além de animais nas nuvens?

Bom, deixa para lá. Animais no metrô, dois fofinhos para fechar o post de hoje:

Não deixe de ver a Galeria Completa.

3 comentários em “Animais no metrô”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.