The Dead Billies

Não sei se vocês conhecem a história da Cassandra da mitologia grega, que depois de regular para o Apolo teve que carregar uma maldição, no caso, de que ninguém acreditaria em suas profecias. Pois bem, eu não regulei para deus nenhum mas o fato é que também tenho cá minha maldição: eu tenho um baita bom gosto (há,há) mas nada do que eu gosto dura muito tempo. Vide o caso do Confetti Menta, Zambinos, Morphine e bem, levando em consideração o título desse post, The Dead Billies.

A história começa assim: era 1996, 1997 e eu gostava de assistir ao Gás Total da MTV e gravar clipes. Um dia passou um que achei muito legal, o Invasion of the Body Snatchers. Era zoadão e a música era muito legal, então tratei logo de gravá-lo (e obviamente assisti algumas váááárias vezes depois). Enfim, o clip me levou para as outras músicas dos caras e eu adorei. Então, cumprindo a maldição, a banda acabou.

O que é realmente uma pena, porque esta banda de Salvador mandava muito bem. Tão bem que hoje à noite eu decidi que Could it Get Harder? é minha música favorita de todos os tempos (pelo menos no momento, há, há). Enfim, o fato é que o grupo liderado pelo vocalista Mosckabilly fazia um som cheio de influências como The Cramps, Stray Cats, Reverend Horton Heat e outros. Com o extra de serem extremamente ‘perfomáticos’, digamos assim.

Se tiver a oportunidade, não perca a chance de conferir o álbum de estréia da banda Don’t mess with…The Dead Billies (1996). E sabe-se lá, vai que, como o Zambinos em um certo momento no passado, os Dead Billies voltam, né?

(Procurei por videos e afins para deixar uma amostra da banda, infelizmente o único registro dos Dead Billies é um Farofa MTV, com a Pitty e o Lobão fazendo uma cover de Your Favourite Crime, que diga-se de passagem, está quase ganhando o posto de segunda música favorita de todos os tempos.)

9 comentários em “The Dead Billies”

  1. Eu tenho esse primeiro álbum no computador. Tem uma banda chamada Retrofoguetes, que é uma espécie de versão instrumental do The Dead Billies, inclusive com ex-integrantes deles, se não me engano. Mas nunca encontrei nada deles para baixar.

  2. Acompanho o seu blog faz algum tempo, mas esta é a primeira vez que comento. Foi uma surpresa encontrar um post sobre os Dead Billies aqui! Tive a oportunidade de vê-los ao vivo diversas vezes nos anos 90, e até hoje lamento o fim da banda. Retrofoguetes é bom, mas nem se compara… Realmente você tem muito bom gosto, mas cá entre nós, espero que a sua maldição não atinja o Neil Gaiman! 🙂

  3. Se os caras estivessem em outro local do planeta talvez tivessem vivido mais, Dead Bilies era muito bom mesmo, tive a oportunidade de ir em alguns shows aqui SSA, mas infelizmente as bandas daqui morrem, espero não ser esse o meu caso, quem vingou mudou muito, vide Pitty que era totalmente hardcore na época do inkoma.

  4. hm… sei esse cd de estréia. eu tinha. mas aí uma amiga me pediu emprestado disse que amava… e babau… dizem que ela anda postando sobre a banda por aí…

    :nana:

  5. Só pra contribuir:
    – Dead Bilies não vai acabar nunca, pois estará sempre na nossa cabeça. Quem viveu isso sabe…
    – Retrofoguetes é como se fosse a continuação dos Billies só que sem Psico do Rockabilly e sem a Voz de Glauber Guimarães (Moska – tá fazendo coisa mais leve http://teclaspretas.blogspot.com/) e sem Joe Tromondo.
    – E a Pitty citada acima carregou o Joe com ela e está estourada nacionalmente e internacionalmente…
    É isso!
    Valeu, vá lá…

Deixe uma resposta para Cabal Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.