Patetas

goofy2.jpgUm dos argumentos mais utilizados por aqueles que defendem a venda de armas é o de que “carros matam muito mais, também são armas e estão por aí“. Eu sempre questionei esse argumento, mas de um tempo para cá – embora ainda seja completamente contra a idéia de um civil ter uma arma em casa – até que já não acho o tal argumento tão incoerente.

Só agora em outubro já foram dois acidentes no mínimo revoltantes. No primeiro, um irresponsável de 49 anos de idade, com o carro cheio de bebidas alcóolicas, cocaína e maconha, ao disputar um racha em Brasília acabou colidindo com um carro, e matando 3 passageiras.O último aconteceu nesta terça-feira, e na soma de duas imprudências, o resultado foram 27 mortos. O responsável pela primeira batida (que resultou em 7 mortes) faleceu, já o da segunda (as outras 20 mortes), talvez o mais imbecil, sairá do hospital direto para a cadeia.

O que eu não deixo de me perguntar em casos como esse é: essas pessoas que fazem essas cagadas e sobrevivem, elas mudam? Elas se sentem culpadas pelo resto da vida? Ou vão continuar praticando barbaridades no trânsito fazendo de conta que “nunca acontecerá com eles”?

Eu honestamente não daria a mínima se essas pessoas simplesmente evaporassem, sem carregar junto inocentes que nada estavam fazendo de errado.  Palavra de quem já foi quase atropelada em faixa de pedestres com sinal fechado para motoristas pelo menos umas duas vezes só no último semestre.

No final das contas, eu não consigo deixar de pensar em um dos meus desenhos favoritos da infância. Chama-se Motor Mania e conta a história do “Sr. Pedestre”, um sujeito calmo e feliz que se transforma no monstruoso “Sr. Motorista” ao ligar o carro. Acidentes acontecem. O problema é que alguns “Sr. Motoristas” fazem questão de transformar estes em crimes. Seguro ninguém mais está…

PS: O desenho é de 1950. Mais de 50 anos depois, parece que só ficamos piores.

14 comentários em “Patetas”

  1. Mas só pra vc ter idéia, esse filminho do “sr Volante” é passado nas auto-escolas quando vc faz a carteira. Pelo menos na minha passou, e com certeza é passado no Detran aqui em Curitiba no curso de reciclagem.
    Desses 2 acidentes o que mais me deixou indignada foi o do tiozão que matou as 3 mulheres. 40 e poucos anos e não tem juízo e nem vergonha na cara… Matou 3 mães! O outro acidente assusta pelo número de mortos, mas um caminhão é capaz de fazer bastante estrago, ainda mais se ele estiver com as lonas de freio sem manutenção. Não sei se foi o caso.
    E o tiozão lá foi preso?

    BjoS!

  2. Foi preso sim, mas o advogado dele já está dando um jeito de conseguir um habeas corpus, segundo o advogado “pq ele está colaborando com a investigação” ou algo que o valha.

  3. Aff…
    Eu estava lendo notícias por aí, parece que o segundo caminhão que bateu realmente estava sem freio, provavelmente ainda jogou na contramão porque perdeu o controle.
    Não é só não beber, o automóvel TEM que estar em dia. O monzão era velho mas sempre estava com os “básicos” em dia :mrpurple:

    BjoS!

  4. O argumento das armas é absurdo, mas se você ver, a maioria das mortes de vitimas delas são da violência (assaltos e outras porcarias), ou pelo fato que guardaram ela armada, ao alcance da mão de alguem que não tem respeito pela arma, e ai ocorre a caca.

    Meu pai sempre me ensinou que, se eu estiver empunhando uma arma, apenas eu sou capaz de matar outra pessoa. Arma não dispara sozinha (mesmo a mais vagabunda engatilhada, ainda é necessário o minimo de pressão para disparar). Carro, você depende de outros.
    Você pode ser o cara mais educado no trânsito, que se um louco, bebado, e inconsequente pode vir e acabar com a sua vida (ou de alguém querido) em um piscar de olhos.

    Depender de outras pessoas é perigoso, ainda mais no trânsito cheio de “Sr. Motorista” por ai.

    Ps: Ainda lembro desse desenho até hoje. Ele é atemporal.

  5. A questão é simples: foram ferramentas criadas pelo homem com dois propósitos totalmente diferentes, mas que podem gerar mortes se utilizadas da maneira incorreta.

    É de se esperar que um civil não mate, mesmo com uma arma, pois na maior parte dos casos acaba sendo um uso desnecessário de força (ladrão também tem medo de morrer). É de se esperar ainda mais que um civil não mate ninguém enquanto dirige um carro, pois a falha no uso do automóvel fica muito mais evidente: o carro não foi feito para matar, machucar, etc., mas sim para levar uma pessoa do ponto A ao ponto B da maneira mais rápida, confortável e segura possível.

    É também de se esperar que você siga as leis. Um civil não pode sair com uma arma de sua propriedade sem estar infringindo a lei. Já com um carro ele não pode andar na calçada, furar sinal vermelho, etc.

  6. É foda. Uma prima minha morreu há dois anos num acidente… ela tava voltando duma festa e um piá bêbado e sem habilitação bailou na curva e acertou o carro em que ela tava em cheio… matou ela, a motorista e mais um cara.

    E, tipo, não aconteceu nada com o guri.

    Eu tava ouvindo sobre esse acidente dos caminhões no rádio hoje de manhã e o cara falou que é raro o cara que mata um bilhão de pessoas num acidente ir parar na cadeia. Geralmente é prestação de serviços à comunidade ou cestas básicas.

Deixe uma resposta para Anica Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *