Plurk

A web está cheia de casos como esse: vai lá um sujeito e tem uma idéia bem sacada que faz muito sucesso. O problema é que faz tanto sucesso, que aí começa a apresentar problemas por simplesmente não dar conta da quantidade de acessos, e o que era diversão acaba virando uma encheção de saco – especialmente quando seu site favorito fica horas fora do ar, ou simplesmente começa a desabilitar ferramentas para dar uma aliviada no servidor.

Isso aconteceu com o fotolog, o orkut e mais recentemente com o twitter. O que todos esses sites têm em comum é que normalmente no momento em que estão atravessando dificuldades técnicas (digamos assim), começam a pipocar diversos outros sites similares. E aí vem a ironia do mundinho virtual. Apesar de os similares funcionarem muito bem (e às vezes até melhor do que as fontes de inspiração), eles nunca conseguem atingir o mesmo número de usuários.

Nesse contexto chega agora o Plurk, que seria um “twitter mudernoso”, digamos assim. Tem algumas funções especiais, como por exemplo a possibilidade de adicionar tags como “diz”, “ama”, “odeia” na frente da mensagem a ser publicada, além do uso de smiles. E tem uma idéia de “linha do tempo” que pelo menos esteticamente dá um banho no twitter, e também tem um sisteminha de karma que premia os que mais participam (o que incentiva as pessoas a participarem).

Tudo muito jóia, tudo muito legal. Mas…

… tem pouca gente. Nem todo mundo do twitter resolveu experimentar o Plurk (o que dirá migrar em definitivo). E aí, apesar de parecer bacanudo, a sensação que dá é que você está em uma sala vazia conversando com as paredes. Enfim, pelo menos vale a experiência internética. Então, caso você apareça por lá, não esqueça de me adicionar: http://www.plurk.com/user/anica :eba:

10 comentários em “Plurk”

  1. Anica: entra no FriendFeed. Segundo os early adopters, o Plurk tem uma interface muito complexa comparada com o Twitter, o que vai afastar os usuários. Considerando que eles trouxeram os usuários para quase todos os serviços de internet que hoje são moda, é um aviso muito bom do que está por vir.

    Já o FriendFeed virou moda.

  2. Rodrigo, valeu pela sugestão, darei uma olhadita =D Sobre a complicação do Plurk, eu acho que é só usar por uns minutos para entender. Também achei complicado de entender no início :mrpurple:

    E Marco, só não vá largar seu plurk como você fez com seu twitter :nana:

  3. Parei de usar o twitter exatamente por estes problemas e, até talvez pela tosquice do negócio todo, vou tentar uma coisa nova.
    A melhor dica deste post foi o link do Gabriel para a Meio-bit. Página bacaninha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.