Cri(atividade)

imaginacao5.jpgSabe, eu sei que deveria é ficar pasma com a quantidade de operações da Policia Federal que estão pipocando por aí (mais no sentido de “uou, eles trabalham às pampas né?”), mas tem algo que eu não consigo deixar de perceber acompanhando as notícias nos jornais. É, os caras da PF tem muita imaginação.

Se não fosse assim, não teríamos tantos nomes batutas como por exemplo: Operação Taturana, Operação Licomedes (omg, essa é foda. corre na wiki ver o que significa licomedes), Operação Cavalo de Tróia… E isso é só o começo. Como eu já estava com a wiki aberta para saber de donde veio o Licomedes, acabei achando um artigo sobre a PF explicando esses nomes serelepes.

Diz lá:

As operações da Polícia Federal recebiam nomes para identificá-las no âmbito interno do órgão, de forma a referenciá-las de forma rápida e sigilosa. Com o tempo, os nomes das operações passaram a ser também divulgados através da assessoria de imprensa do DPF, e a denominação das operações tornou-se tradição.

Não há critério para escolha dos nomes — que geralmente são escolhidos pelos responsáveis pelas investigações —, a não ser fato de serem um termo relacionado ao contexto da operação de forma geral.

Xóia. O artigo tem até uma lista de nomes das operações de 2003 até atualmente, não deixem de dar uma lida para também ficarem alarmados com a criatividade da polícia brasileira. Eu agora já estou na fase de pensar em como seria legal ter um emprego só de “criador de nome de operações da polícia federal”. Super me candidataria a uma vaga.

Mesclaria todo meu conhecimento literário e minha farta bagagem de cultura pop (cofcof) e criaria nomes bacanérrimos como Operação Fausto, Operação Watchmen (essa TEM que ser usada um dia, em uma investigação sobre a própria polícia. “Who watches the watchmen?” Foda!!!), Operação The Man Who Sold the World 1 (aqui na esperança que algum dia alguém falasse “Ei, Bowie, essa criadora de nomes de operações da polícia federalte homenageou! and so on.

Eu quero!!!!!


  1. oi, não clicou no link por quê? Vai lá escutar o Bowie cantando um tico!! 

4 comentários em “Cri(atividade)”

  1. kkkkkkkkkk…eu vi uma entrevista no Jô com alguém da PF e ele explicava exatamente os nomes… ri muito…

    Mas ai eu penso, se um dia pegarem um cara com um pingo de senso de, ao menos procurar no google e ligar os pontos…. eles vão tomar uma invertida…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.