Correndinho

* Loucos boêmios não deveriam ter filhos. Há algo de estranho em ver a foto de uma pessoa com quem você lembra de ter passado noites bizarras e/ou memoráveis segurando uma sacola de produtos de bebê em um braço e uma criança em outro.

* Existe de fato o perdão ou tudo é só esquecimento?

* Eu queria uma sala com pôsteres de filmes antigos pendurados como esse, esse e esse.

* Não há nada mais triste do que tomar café sozinho em um café, mesmo que por 10 minutos. Mas leite vaporizado rox.

* Às vezes acho que a solução dos meus problemas seria ir embora para um lugar no qual não conheço absolutamente ninguém.

* Do blog do meu irmão:

Ah, quase esqueço… Sofia na festa da Bia tentando entender de quem é o próximo aniversário: É o da tia Ana.. e ela vam aqui em casa com o marido dela? hahaha. welcome Fabio.

* Aniversário será comemorado dia 14/01, no Bar do Alemão. Sugestões de presentes: wishlist1, wishlist2, Cowboy Bebop, Gato com olhos diferentes, máquina de café.

10 comentários em “Correndinho”

  1. Não acho tão triste tomar café sozinha em um café, acho que porque acostumei a, aonde eu vou, sempre ter um livro comigo. Também pelo fato de eu gostar de observar as pessoas… Dependendo do ponto de vista, a solidão não é algo tão ruim.

  2. Mas com livro a coisa é diferente. O triste é vc, ali sozinha sem nada nas mãos e ninguém para conversar.

    Porém, concordo sobre a solidão. Inclusive acho que já disse aqui uma vez, em alguns momentos eu fico feliz por responder ‘sim’ quando perguntam “essa cadeira está livre?” na cantina da faculdade :mrpurple:

  3. Tbem acho triste tomar café sozinha… mesmo que seja o capuccino maravilhoso do café ali da xv :mrpurple: Muito melhor com companhia (principalmente a do Rê… hihihi :love:)

    vale presente de fora da lista tbem ou é assim beeeeem restrito?? :mrpurple:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.