Segunda tentativa

É… acho que é a segunda tentativa. Eu não manjo nada de blog, odiei minha doll, preciso urgentemente de um layout, mas vam’lá… se eu não começar nunca vou aprender mesmo

Para começar, um trecho de um texto que diz a lenda que é do Shakespeare. Tá rolando pela inet, todo mundo acha “bonitinho” e manda para o amigo, que manda para o amigo… eu tenho minhas dúvidas se é do Shakespeare mesmo. Não é bem o estilo dele, acho.

Mas independente de ser dele ou não, até que tem a ver com algo que estou (ou estava?) passando. Lá vai:“(…) Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame não significa que esse alguém não o ama com tudo que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem demonstrar ou viver isso. Aprende que me, se,´re é suficiente ser perdoado por alguém; algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se. Aprende que, com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado. Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido; o mundo não pára pra que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.(…)” – Shakespeare (?!).

E por hoje é só.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *