Do diário de Rose Walker

rosewalker.jpgEu confesso que na minha primeira leitura de Sandman não tinha me encantado muito pela menina de cabelos coloridos que surge já em A Casa de Bonecas. Mas aí eu li de novo, e vi como ela é bacana. Ela cantarola Velvet Underground (Sunday Morning!), ela diz coisas bacanas e ela sobreviveu a um encontro de assassinos seriais, ueba!

Mas desde a primeira vez que li Sandman, tem uma fala dela em Entes Queridos que gostei logo de cara. É no momento em que ela vai visitar uma amiga no hospital, que está morrendo de AIDS. Segue a citação:

Continue lendo “Do diário de Rose Walker”