Cineminha básico

vendettaQuarta feira, nada para fazer na quinta (nenhuma relação com ‘pré-feriado’, é que vão detetizar os prédios da reitoria mesmo). Eis então que bate a idéia “Opa, dá para ir ao cinema hoje à noite!” e lá vai a Anica conferir a programação de cinema, cheia de sentimentos conflitantes: o primeiro filme que pensa em ver é V. Ao mesmo tempo, está louca para que tenha algo melhor do que V para não ter que ver V – porque eu até admito estragarem A Liga dos Cavaleiros Extraordinários, não serem exatamente perfeitos com o Do Inferno e não se coçarem para gravarem Watchmen. Mas V…

… Se estragarem V, eu juro que nunca mais assistirei adaptações de HQs em toda a minha vida!!!!

Bom, não até dia 26 de maio, quando lançam X-Men 3, hehehe. :mrpurple:

Independente disso, se eu assistir V certamente tecerei meus comentários sobre o filme aqui (tenho cá meu palpite que é o tipo de filme que agrada muito quem não leu a HQ e desagrada quem leu, mas deixe quieto). Na verdade, nem sei porque estou falando tanto desse filme, deve ser o inconsciente. Eu só abri esse post aqui hoje para deixar registrado um fenômeno nos cinemas curitibanos…

ERA DO GELO 2 DOMINA OS CINEMAS!!!

(para o pessoal de SP com-aquela-vida-cultural-foda isso pode não parecer muito, mas enfim, o tal do filme está passando em quase todos os cinemas da cidade. Na verdade, acho que só não está passando em dois: Luz e Cinemateca, que são conhecidos pelos filmes udigrúdi.
… de birra eu só assistirei quando chegar na tv aberta.

18 comentários em “Cineminha básico”

  1. Talvez eu alugue ANIMAIS FOFINHOS ON ICE PART DEUX quando sair em DVD, mas é mais provável que eu espere o Telecine comprar.

    O primeiro foi fraco, e esgotou as piadas bem antes de terminar. Eu simplesmente não consigo imaginar eles espremendo o potencial da coisa ao ponto de encher outros 90 minutos.

  2. Dois comentários.

    Primeiro: V de Vingança é um lixo total de adaptação. Aliás, é um lixo de gibi, mas vale mais no papel do que no cinema, eu garanto. Tipo…deixa pra lá. Em fim, uma amiga disse que o melhor da sessão dela foram os comentários do povo, como uma mulher que comentou com o namorado que o filme tinha “política NAS ENTRELHINHAS” :disgust:.

    Segundo: Vida cultural foda o caralho. São Paulo tem sim os piores restos que o mundo poderia oferecer da cultura de qualidade. Isso mostra como o Brasil está na pindura nesses termos.

  3. Sim, V de Vingança é um lixo de gibi.

    E o Taj Mahal é só uma casa grande com pilares em volta.

    E sim, o Brasil é uma merda mas será que dá pra parar de fazer tempestade em copo d’água o tempo todo fera. Será. Tem bastante coisa culturalmente interessante em São Paulo sim campeão é só saber procurar. Será que você não está procurando nos lugares errados. Será.

  4. Desnecessário o comentário mas lá vai: os quadrinhos dão de mil (tril, zil) a zero no filme. Tudo bem que é emocionante ver V na telona – eu fiquei bem feliz ao ver aquela máscara em tamanho ultra mega gigante na minha frente – porém (contudo, entretanto, todavia blá blá blá) tem coisas no filme que são de doer. Que porra era aquele FedCo, pelamordedeus?!?!?!
    Anyways xuxu, assista nem que seja pra falar mal. E fique feliz por não ter que aturar guris alemães pentelhos fazendo cosplay do V no cinema… ¬¬
    :***

  5. Sabe, você é bem (não-intencionalmente) engraçado.

    Também é provavelmente a pessoa mais contraditória que eu já vi na internet. Reclama do sistema de educação brasileiro mas prega o anti-intelectualismo; diz que música é a coisa mais inútil já inventada pela humanidade mas toca um instrumento clássico; fala de “nerds” mas tem um BLOG ( :uhu: ). Ou seja, basicamente tudo que você é escreve é absolutamente inútil. Você só quer fazer pose.

    PS: O seu post me xingando no seu blog não fez o menor sentido, e não chegou nem perto de algo remotamente parecido com sarcasmo/perspicácia. Tente com mais afinco da próxima vez.

    PPS: Wow, isso foi criativo: eu estou tentando chamar a sua atenção porque eu tenho uma paixão homossexual reprimida por você. Agora só me resta enfiar a cabeça na areia de vergonha por você ter exposto o meu terrível segredo: eu tenho uma paixão incontrolável por PANACAS que escrevem inutilidades em blogs. Espero que você esteja feliz por ter destruído a minha vida.

  6. Vc vai acabar perdendo V no cinema e assistir no video só vai fazer pior né.

    Eu li os quadrinhos e gostei bastante do filme. TT1 e o Namus tb leram e gostaram.

    Aqui no Rio a gente sempre vê filmes nas quartas q é mais barato. Dia de semana é 14 a inteira… final de semana 16 mas nas quartas é 10. Ou seja, pra gente sai por 5.

  7. Eu tenho V e nunca li. Eu sou ridículo.
    Mas eu vi o filme, e achei legal. Mas vi porque ganhei ingressos pra pré.
    Devo ver novamente porque minha mãe leu a HQ (sim minha mãe é foda) e quer ver o filme agora.
    Daí tenho que acompanhar, né… 🙂

  8. Eu to usando computador de outra pessoa e estou com ligeira pressa, mas vou dizer duas coisas aqui:

    1. eu vi v. não foi decepcionante como achei que seria, falo mais quando voltar.

    2. Po, newspaper (já que vc não deixa chamar pelo nome =P ), criar um post falando sobre os comentários do v aqui foi decepcionante, ainda mais pq vc usou termos como ‘nerd’ e ‘leitor de alan moore’ de forma pejorativa – coisa que vc sabe que eu sou tb :dente:

  9. Bom, eu fui Ver V e bom… eu gostei bastante. Mas eu admito que li o quadrinho do V há muitos anos atrás e sim, ele é muito melhor que o filme, mas como eu nao tinha o quadrinho em mente quando fui assistir, eu aproveitei bem.

    Tem que esquecer que é uma adaptação e ver como um filme dedicado a molecada americana que nao pensa. Claro, o filme nao vai fazer diferença, mas é no mínimo bem divertido. Bacana mesmo.

    Mas se o V não gostar do filme eu vou entender, porque fiquei puto na saída de Quarteto Fantástico e com o filme do Monstro do Pantano, porque eles significavam muito pra mim.

    Whatever, postar ofensas devido a comentários em blogs é a coisa mais pavorosa que eu já ouvi falar, e olha que eu vi a Angela Guadanin dançando no congresso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *